PaperShoot: as eco-câmaras reutilizáveis

PaperShoot: as eco-câmaras reutilizáveis

13 de Janeiro, 2022 0

O UniPlanet falou com Sofia Reis, a responsável pela PaperShoot em Portugal, que nos apresentou este projeto.

 

UniPlanet (UP): Como nasceu a PaperShoot Portugal?

A PaperShoot Portugal nasceu na quarentena. Como muitos, resguardei-me no telemóvel para ocupar o tempo e foi assim que me deparei com a PaperShoot no TikTok. Tinha achado um produto incrível e quis comprar para mim, só que pagar a taxa de envio para Portugal e ter de desalfandegar desencorajou-me. Fiquei a matutar a ideia alguns dias e achei que devia existir uma PaperShoot em Portugal para facilitar o processo a todos como eu com interesse em ter uma PaperShoot.

Desde que me lembro que sempre tive uma lista nas notas do telemóvel com ideias para negócios, sempre quis fazer algo meu, e ao encontrar a PaperShoot soube logo que era a ideia certa para mim. Assim, contactei a empresa mãe da PaperShoot e recebi em resposta, um e-mail do CEO. Foi aí que lhe apresentei a minha ideia e proposta bem como o meu currículo. Após alguns e-mails e reuniões, a PaperShoot Portugal nasceu!

Sendo estudante de mestrado em comunicação (vertente de marketing e publicidade), achei que conseguiria embarcar neste projeto. Tem sido um desafio incrivelmente gratificante e muito trabalhoso uma vez que estudo a tempo inteiro na Universidade de Amesterdão. E foi assim que combinei a minha vertente empreendedora com a minha paixão por fotografia e criatividade.

 

PaperShoot

 

UP: Queres explicar-nos como funcionam estas câmaras tão originais?

As câmaras são muito simples, destacando-se pela sua acessibilidade a todos. A PaperShoot é uma câmara fotográfica digital que se apresenta como uma alternativa sustentável às câmaras analógicas descartáveis. Em vez de ter um rolo de filme, vem com um cartão SD de 32GB o que substitui o descartável por uma máquina reutilizável. A PaperShoot replica a experiência e o look analógico numa câmara minimalista adaptada ao mundo de hoje. É uma câmara bastante fácil de usar, tendo apenas um botão para tirar as fotografias (shutter) e um interruptor de filtros onde se pode escolher entre cor, preto e branco, sépia e azul. A máquina é alimentada com duas pilhas AAA que, se forem reutilizáveis, carregam dentro da câmara quando a mesma está ligada a uma fonte de energia. Para ver as fotografias basta conectar a câmara através do cabo USB ou do cartão SD ao computador e importar.  Depois é só limpar o cartão e continuar a fotografar. Para complementar, temos uma seleção de capas biodegradáveis e de madeira que se podem trocar para mudar o look de cada câmara, as vezes que se quiser e ao gosto de cada um.

 

PaperShoot

 

UP: Qualquer pessoa consegue montar uma papershoot?

Sim! A PaperShoot é mesmo muito simples de montar. Vem com a placa mãe (a câmara) e a capa desmontadas para dar ao fotógrafo a experiência de montar a sua própria máquina. Basta dobrar a capa e colocar a placa da câmara entre a mesma, prender com os dois parafusos de enroscar que vêm junto e em menos de 5 minutos a PaperShoot está pronta a utilizar.

 

PaperShoot

 

UP: Onde podemos encontrar mais informação sobre este projeto?

O nosso projeto pode ser encontrado no nosso site em www.papershootportugal.com e no TikTok, Instagram e facebook em @papershootportugal!

Comentários
Siga-nos no Facebook, Instagram e Telegram!

Subscreva a nossa newsletter

[Newsletter Semanal]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.