Portugal deixou de usar carvão para produzir eletricidade

Portugal deixou de usar carvão para produzir eletricidade

24 de Novembro, 2021 0

Portugal tinha-se comprometido a pôr fim à utilização de carvão para produzir eletricidade até 30 de novembro de 2021 e atingiu esse objetivo antes do final do prazo.

A Central Termoelétrica do Pego, (Abrantes), esgotou o stock que tinha e, por isso, a produção terminou.

Esta central a carvão era responsável por 4% das emissões do país, sendo a segunda mais poluente. A central mais poluente, a de Sines, foi encerrada em janeiro deste ano. A média anual de emissões de gases com efeito de estufa (GEE) pela central do Pego entre 2008 e 2019 foi de 4,7 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

Por agora, irá recorrer-se a centrais de ciclo combinado que transformam a energia térmica do gás natural em eletricidade.

Inicialmente, Portugal previa deixar de utilizar carvão para a produção de eletricidade apenas em 2030.

Comentários
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.