A Europa quer tornar-se mais verde

A Europa quer tornar-se mais verde

22 de Novembro, 2021 0

A NextGenerationEU quer criar uma Europa nova mais verde. Uma Europa para as pessoas e que não o faz em detrimento do planeta.

Pelo menos 30% do Plano de Relançamento da NextGenerationEU e do orçamento da UE para sete anos serão destinados à luta contra as alterações climáticas e ao apoio a projetos ecológicos.

Reduzir a pegada de carbono

plano da UE para a meta climática de 2030 procura reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em, pelo menos, 55% até 2030, relativamente aos níveis de 1990. Para alcançar este objetivo, é necessário reduzir as emissões em todos os setores, desde a indústria e a energia, aos transportes e à agricultura. Este objetivo coloca a Europa numa via responsável para se tornar neutra em termos de clima até 2050.

Energia limpa

A NextGenerationEU quer ajudar os países da UE na transição para uma utilização de energia limpa largamente proveniente de fontes renováveis seguras e a preços acessíveis. Está a lançar uma vaga de renovação à escala da UE para tornar as habitações privadas e os edifícios públicos energeticamente mais eficientes e para ajudar mais pessoas a aquecer as suas casas. As tecnologias verdes e digitais permitirão modernizar as cidades europeias para que sejam inteligentes, com aquecimento e iluminação eficientes do ponto de vista energético, sistemas urbanos inovadores de abastecimento de água e instalações de eliminação de resíduos.

Transportes sustentáveis

As viagens e os transportes vão tornar-se mais respeitadores do ambiente. A Europa pretende aumentar e melhorar as infraestruturas para as bicicletas e investir mais nas redes de transportes públicos, incluindo nas linhas ferroviárias de alta velocidade. Está a desenvolver aviões e embarcações marítimas de grande porte sem emissões, como navios e petroleiros. Está a incentivar a transição para os automóveis elétricos e a garantir um número suficiente de estações de recarga e de abastecimento em toda a Europa.

Estes investimentos não ajudarão só a cumprir os objetivos climáticos, como criarão empregos verdes para o futuro, reforçando as economias e contribuirão para melhorar a qualidade de vida de todos os europeus.

Proteção do ambiente

A natureza e a biodiversidade são essenciais para a vida. O planeta, as economias e as sociedades dependem delas. Quando a natureza está de boa saúde, ela protege-nos, dá-nos os alimentos que comemos, filtra a água que bebemos e fornece o ar que respiramos.

ação climática está no cerne do Pacto Ecológico Europeu. O financiamento da NextGenerationEU está a ajudar a concretizar o ambicioso objetivo da UE de se tornar o primeiro continente com impacto neutro no clima até 2050, um objetivo que já foi incorporado na primeira Lei Europeia do Clima. Abordará os efeitos das alterações climáticas e preservará o ambiente natural da Europa, contribuindo simultaneamente para o desenvolvimento de uma economia sustentável, eficiente na utilização dos recursos e competitiva.

Natureza e biodiversidade

A Europa está a proteger mais zonas terrestres e marítimas, bem como a sua grande biodiversidade. Está a combater os principais fatores de perda de biodiversidade e está a trabalhar no sentido de uma poluição zero do ar, da água e do solo até 2050. Está a melhorar a quantidade e a qualidade das suas florestas, a reforçar a sua resiliência às alterações climáticas e a promover uma economia florestal mais sustentável, incluindo o ecoturismo, a fim de garantir que as zonas rurais e as suas populações locais não sejam deixadas para trás. E está a lançar um plano de recuperação da natureza nos ecossistemas e zonas húmidas que se degradaram ao longo dos anos.

Consumo sustentável

A Europa está a melhorar a gestão dos resíduos e a lançar a economia circular desde os plásticos e os têxteis às baterias e aos veículos. Está a garantir que cada pessoa possa reparar os seus produtos elétricos e, quando já não for possível repará-los, que os possamos reciclar. Está a promover a moda sustentável e a apoiar centros em toda a Europa onde se possa aprender a melhorar as roupas e a dar-lhes uma nova vida.

Estas mudanças não só ajudarão a proteger o ambiente e a cumprir os objetivos climáticos, como também melhorarão a saúde e a qualidade de vida de todos os europeus.

O futuro dos nossos alimentos

estratégia do prado ao prato, que está no cerne do Pacto Ecológico Europeu, proporciona a todos os europeus o acesso a alimentos seguros, nutritivos e sustentáveis a preços acessíveis. O plano garantirá que a produção alimentar tenha um impacto ambiental menor, gerando simultaneamente rendimentos económicos mais justos para os agricultores.

Alimentos nutritivos e sustentáveis

Com as iniciativas NextGenerationEU e Do Prado ao Prato, a Europa procura garantir a todos acesso a alimentos seguros, saudáveis e em suficiente quantidade. Está a incentivar as pessoas a adotarem uma dieta saudável e sustentável e a reduzir o desperdício de alimentos. Está a desenvolver um sistema de rotulagem dos alimentos que irá mostrar a origem de um produto, o seu valor nutricional e o seu impacto ambiental e social. E está a investir mais na investigação e na inovação para garantir que se tenha um sistema alimentar resiliente, adequado ao futuro.

Agricultura e pesca

A Europa está a ajudar os agricultores na transição para a agricultura biológica, o que contribuirá para reduzir a pegada de carbono dos alimentos, proteger o ambiente e preservar a biodiversidade. Está a investir na investigação e na tecnologia para tornar a agricultura mais eficiente, modernizar a irrigação e desenvolver alternativas não químicas aos pesticidas. Está a apoiar a pesca e a aquicultura sustentáveis, o que impulsionará a economia azul.

Estas mudanças não só ajudarão a cumprir os objetivos climáticos, como também criarão novas oportunidades para os consumidores, os agricultores, os pescadores e a indústria alimentar.

Uma Europa mais verde para todos

A Europa quer que todos participem e beneficiem do futuro ecológico, razão pela qual está a investir mais dinheiro em investigação e inovação para dar resposta à crise climática e proporcionar mais proteção à biodiversidade e aos habitats da Europa ameaçados.

Para assegurar uma transição justa e equitativa para todos, está também a mobilizar mais investimentos ecológicos do que nunca e a proporcionar oportunidades de qualificação e requalificação para ajudar os trabalhadores e as empresas a prosperar na economia verde. E está a garantir que a transição para uma economia com emissões líquidas nulas de gases com efeito de estufa ocorra de forma justa, não deixando ninguém para trás, graças ao Mecanismo para uma Transição Justa.

Cooperação internacional

A Europa está a trabalhar com outros governos para alcançar os objetivos do Acordo de Paris. Está a apoiar os países em desenvolvimento nos seus esforços para combater as alterações climáticas. E está a dar o exemplo, estabelecendo prazos para a neutralidade climática e incentivando outros governos a fazerem o mesmo. Trabalhando em conjunto, garantiremos um mundo mais ecológico para o futuro.

Como podemos participar?

Há muitas formas de ajudar a tornar o futuro mais ecológico, como o transporte público ou a bicicleta, o consumo de mais legumes e menos carne, a compra em segunda mão, a reciclagem e a reutilização.

Também pode participar no Pacto Europeu para o Clima, uma iniciativa que ajuda as comunidades a partilharem e aplicarem medidas de combate às alterações climáticas, ou no Compromisso sobre o Consumo Verde, uma iniciativa que incentiva as empresas a tornarem-se mais respeitadoras do ambiente, reduzindo, por exemplo, a sua pegada de carbono ou produzindo produtos mais sustentáveis. Pode também partilhar ideias sobre uma arquitetura sustentável e respeitadora do clima através da iniciativa Novo Bauhaus europeu.

Comentários

Gosta dos artigos do UniPlanet?

Apoie o nosso trabalho a partir de 1€ por mês.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.