“Dinheiro para armas mata”, escreveu senhora de 86 anos na parede do Banco Nacional Suíço

“Dinheiro para armas mata”, escreveu senhora de 86 anos na parede do Banco Nacional Suíço

15 de Abril, 2017 0

Louise Schneider, uma senhora de 86 anos, pintou a frase Dinheiro para armas mata numa parede do Banco Nacional Suíço, num protesto contra o financiamento estatal a vendedores de armamento.
Este ato acabou por provocar a sua detenção.
O “Grupo para uma Suíça Livre de Armas”, um grupo pacifista suíço, revelou que entretanto a ativista já foi libertada.

O protesto, na cidade de Berna, pretendia lançar uma petição contra o envolvimento estatal nos negócios de armamento, uma vez que a Suíça está entre os 5 maiores exportadores mundiais de armamento per capita, de acordo com o Banco Mundial e o Instituto Internacional de Investigação da Paz de Estocolmo.

Se a campanha deste grupo conseguir reunir 100 mil assinaturas nos próximos 18 meses, a Suíça realizará um referendo para perguntar à população se aceita ou não proibir os fundos de pensão estatais e o Banco Nacional Suíço de investir em empresas que vendem armas para o estrangeiro, conta a TSF. O grupo afirmou que estas entidades detêm participações de entre 4 e 12 mil milhões de francos suíços (entre 3,7 e 11,2 mil milhões de euros) nessas empresas.

Comentários
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.