A Vida de Charles Dickens

A Vida de Charles Dickens

7 de Fevereiro, 2012 4

Charles Dickens

Charles Dickens foi, durante a sua vida, o escritor mais famoso da Europa e da América.
Nasceu a 7 de Fevereiro de 1812, em Portsmouth. Ainda criança, foi obrigado a trabalhar numa fábrica de graxa, depois de o seu pai, John Dickens, ter sido preso por acumulação de dívidas. Mais tarde, trabalhou como ajudante num escritório de advogados e como jornalista, antes de ter iniciado a sua carreira de escritor aos 21 anos.

O seu primeiro livro The Pickwick Papers foi, desde logo, um sucesso. Começou, então, a publicar romances através de folhetins mensais que se tornaram muito populares. A Oliver Twist, uma das suas obras mais conhecidas, seguiram-se Nicholas Nickleby, The Old Curiosity Shop e Barnaby Rudge. Em 1843, publicou A Christmas Carol (Cântico de Natal), que celebrizou a personagem principal, o avarento Mr. Scrooge.

Para David Copperfield, o romance publicado em 1850, Dickens baseou-se na sua própria experiência como trabalhador de uma fábrica, enquanto criança.  Contam-se ainda, entre a sua obra, grandes romances como Bleak House, Great Expectations, A Tale of Two Cities e Our Mutual Friend.

Charles Dickens a sonhar
“O Sonho de Dickens” – o escritor rodeado pelas suas personagens

 

A crítica social está muito presente na obra de Dickens. Os seus romances denunciam a pobreza extrema das classes sociais mais baixas e a precariedade da infância, o trabalho infantil, as más condições de vida e de trabalho e a estratificação social abrupta da era vitoriana, ao mesmo tempo que evidenciam uma arte narrativa caracterizada por uma grande penetração psicológica posta na composição das personagens.

 

Paralelamente à carreira de escritor, Charles Dickens viajou bastante, fazendo campanha contra males da sociedade como a escravatura. Morreu em Junho de 1870.
Comentários
4 comments on “A Vida de Charles Dickens
  1. Politikus

    Charles Dickens foi um dos maiores escritores da sua époc. sou daqueles que acredita que Dickens assim como Eça de queiroz sem o saberem foram verdadeiros sociologos. Pois a sua análise e descrição das sociedade em que viviam era de tal forma realista, que podemos "ver à nossa frente" a sociedade e os hábitos da época…

    8 de Fevereiro, 2012 Reply
  2. jrd

    Dickens foi um escritor de ontem que continua hoje, aqui ao lado, na estante, actual e importante,
    bfs

    10 de Fevereiro, 2012 Reply
  3. UniPlanet

    Muitas das sátiras e caricaturas continuam a assentar como uma luva a muitas das pessoas de hoje (políticos e advogados corruptos, forretas, pessoas sem escrúpulos que escravizam outras etc., etc., etc.)

    11 de Fevereiro, 2012 Reply
  4. Unknown

    Gostei bastatante de conhecer a vida dele e ele,pois estou lendo um de seus livros:Oliver Twist

    23 de Março, 2016 Reply
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.