O Governo britânico anunciou que vai criar uma “Floresta do Norte” com 50 milhões de árvores no norte da Inglaterra.

Gamo num bosque

O Governo britânico anunciou que vai criar uma “Floresta do Norte” com 50 milhões de árvores entre Liverpool e Hull, em Inglaterra. A floresta será plantada ao longo de uma faixa com mais de 190 km, durante os próximos 25 anos, e servirá para melhorar o ambiente, a saúde e o bem-estar dos cidadãos, criar habitats para a vida selvagem e prevenir a inundação de 190 mil casas. A plantação das árvores começará já em março.

“As árvores são uns dos nossos bens naturais mais estimados e uma prova viva do nosso investimento para as gerações futuras”, disse o secretário para o Ambiente do Governo britânico, Michael Gove. “Elas não são só uma fonte de beleza e fascinação, mas também uma forma de gerir o risco de inundações, proteger espécies valiosas e criar espaços mais saudáveis para trabalharmos e vivermos.”

“Esta nova Floresta do Norte é um projeto ambicioso e entusiasmante, que criará uma vasta faixa de floresta no Norte de Inglaterra, que se estenderá de costa a costa, proporcionando um habitat rico no qual a vida selvagem poderá prosperar e um ambiente natural para ser desfrutado por milhões de pessoas”, afirmou.

O projeto, que faz parte do Plano Ambiental de 25 anos do Governo, terá um custo total estimado de mais de 500 milhões de euros, não sendo ainda claro de onde provirá o financiamento. Espera-se que a floresta gere mais de 2 mil milhões de euros para a economia, através do turismo, da promoção das empresas rurais e da criação de emprego.


A área onde será plantada a "Floresta do Norte" | Fonte: The Woodland Trust

Apenas 7,6% do território do Norte de Inglaterra está coberto por florestas, o que é inferior à média britânica de 13% e muito inferior à média de 44% da União Europeia.

A Inglaterra é um dos países menos florestados da Europa, por isso o apoio do governo para a nova Floresta do Norte é extremamente bem-vindo”, comentou Paul de Zylva, da organização Friends of the Earth.

A Floresta do Norte ligará as cinco Florestas Comunitárias do Norte de Inglaterra. Os futuros bosques também serão criados de forma a melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas, estando prevista a sua plantação dentro e em redor de grandes centros urbanos como Chester, Liverpool, Leeds e Manchester.

“Têm-se feito progressos”, disse a primeira-ministra britânica, Theresa May. “Estamos a investir três mil milhões de libras na melhoria da qualidade do ar, a combater a poluição marinha ao proibir as prejudiciais micropartículas de plástico e a aumentar as penas de prisão para a crueldade contra os animais para cinco anos. Mas, para se criar um ambiente preparado para o futuro, não podemos parar aí, e é por isso que estamos a apoiar a criação desta nova Floresta do Norte.”

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.