Circos com animais estão proibidos em Madrid.



O governo de Madrid aprovou, dia 31 de janeiro, a proibição do uso de animais em circos na cidade, em terrenos públicos ou privados.
A medida foi proposta por Manuela Carmena, presidente da câmara de Madrid, e pelo partido PSOE e defendia que os animais usados nos circos têm o direito a "não serem vítimas de maus tratos e a não serem submetidos a esforços ou atos cruéis que provoquem sofrimento, ansiedade ou stress".

"Nos circos, os animais geralmente vivem em condições de cativeiro, alojados em jaulas e contentores" e são "transportados por longas distâncias em reboques de camião que não satisfazem as necessidades físicas mais básicas", lê-se na proposta.
Estes animais "mantêm os instintos animais" e "são submetidos a processos de aprendizagem em que são obrigados, por vezes de modo violento, a terem comportamentos que são completamente antinaturais para a sua espécie.

A proibição do uso de animais em circos já foi aprovada em mais de 220 municípios espanhóis.
Em Portugal, em 2009 foi aprovada uma lei que proíbe a aquisição de novos animais para os circos e a reprodução dos animais que os circos já possuem, conta o DN.

Foto: Reuters

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.