Nunca cuidou de plantas? Saiba o que plantar e como o deve fazer.

Manjericão

A nossa sugestão: plantas aromáticas. As ervas aromáticas crescem rapidamente, são fragrantes e úteis (são ótimas para usar na comida). Mesmo que nunca tenha plantado nada, alguns vasos destas plantas no parapeito da sua janela são um bom ponto de partida. Só vai precisar de alguns vasos, um saco de terra e de uma janela soalheira. A jardinagem ajuda a manter o bem-estar físico e mental. Sabia que um estudo recente do King’s Fund aconselha as pessoas a praticar jardinagem para reduzir a ansiedade, o stress e a depressão?

AQUILO DE QUE VAI PRECISAR

  • Um vaso com orifícios de drenagem para cada tipo de erva aromática que quiser plantar. Os vasos devem ter, pelo menos, mais 5 cm de diâmetro do que a muda que adquirir; no caso de comprar sementes, o vaso deverá ter, no mínimo, 15 cm de diâmetro.
  • Pratos para colocar debaixo dos vasos
  • Terra
  • Cascalho
  • Sementes ou mudas (que são plantas jovens com apenas alguns cm de altura)

SEMENTES VS. MUDAS

SEMENTES
O melhor: Pode acompanhar o crescimento da semente até esta se tornar uma planta que poderá ser utilizada na confeção de pratos. Os pacotes de sementes também são baratos.
O pior: Terá de ser paciente. A sua semente poderá demorar mais de um mês a atingir um tamanho que lhe permita colher algumas folhas.
Que plantas experimentar? Manjericão, hortelã e salsa: todas elas crescem com bastante rapidez e facilidade e têm necessidade semelhantes – solo húmido e muito sol.

MUDAS
O melhor: Assim já tem uma planta por onde começar – a sua missão é mantê-la viva.
O pior: São mais caras e poderá ter de comprar várias para obter a quantidade desejada.
Que plantas experimentar? Tem muito por onde escolher. Ervas aromáticas que são mais difíceis de cultivar ou que demoram mais tempo a rebentar e a crescer (como o alecrim e o tomilho) são uma boa ideia para comprar em mudas.


Tomilho

COMO PLANTAR

Encha os vasos com uma camada fina de cascalho e depois:

Para sementes: Encha o vaso com a terra, deixando uma margem de cerca de 2,5 cm até à borda do vaso. Plante as sementes de acordo com as instruções do pacote. Na maioria dos casos, terá de fazer uma série de pequenos sulcos com o dedo, depositando algumas sementes em cada um e cobrindo-os com uma fina camada de terra.
Para mudas: Retire a muda do seu vaso de plástico e agite suavemente as raízes com os dedos. (Isto serve para as despertar para que se adaptem ao vaso novo.) Coloque a muda no vaso, encha os espaços entre este e a planta com terra e espalhe uma fina camada sobre a terra da muda.

Comprima ligeiramente a terra, mas não a calque, para que o ar possa circular. Regue bem os seus vasos novos (a terra deverá ficar molhada mas não lamacenta) e coloque-os num local com boa exposição solar, explica o Grist. O manjericão e a hortelã começarão a brotar na primeira ou na segunda semana; a salsa poderá não chegar a rebentar até à terceira semana (ou mais tarde).

Não se esqueça:
  • Nem todas as ervas aromáticas requerem os mesmos cuidados. Embora a maioria goste de muito sol, algumas requerem regas diárias (como o manjericão e a hortelã) e outras menos regas (como o alecrim e o tomilho). Regue de acordo com a informação escrita nos pacotes de sementes ou nas embalagens das mudas.
  • Um sítio bem iluminado na sua cozinha é um dos melhores lugares para as ervas aromáticas crescerem – as cozinhas costumam ser húmidas, algo de que muitas plantas gostam. Para além disso, é prático: estão sempre à mão para quando precisar de usar algumas folhas.
  • Se não for bem-sucedido/a à primeira vez, não fique desanimado/a. Vá experimentando: altere o seu horário de regas, experimente outro parapeito de janela, informe-se mais sobre as ervas que quer plantar.

Plantas
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.