Os quatro partidos políticos principais da Noruega terão acordado um plano para acabar com a venda de veículos a gasolina até 2025.

Carro elétrico na Noruega

Os quatro partidos políticos principais da Noruega terão acordado um plano para acabar com a venda de veículos a gasolina e gasóleo até 2025, segundo o Quartz, que cita como fonte um relatório publicado no jornal de negócios norueguês Dagens Næringsliv.

Os detalhes não são, no entanto, claros: os dois partidos de esquerda confirmaram o relatório, mas os 2 de direita negaram-no. A Noruega foi o primeiro país da Europa a ter postos de carregamento Tesla e a assumir um compromisso de desflorestação zero. Em abril de 2015, o país atingiu o seu objetivo de registar 50 000 carros elétricos até 2018.

Cerca de um em cada 4 carros vendidos na Noruega é elétrico.

O país nórdico tem vindo a atribuir subsídios e incentivos generosos aos cidadãos que querem adquirir carros elétricos, incluindo isenções de impostos e de portagens, estacionamento e carregamento gratuitos. O parlamento norueguês tinha planeado, originalmente, estender os incentivos até 2018, mas acabou por decidir reduzi-los e cobrar impostos aos proprietários de carros elétricos de novo.

A Noruega é, também, um dos maiores exportadores de petróleo do mundo. Contudo, o fundo soberano norueguês tem vindo a desinvestir nas empresas de combustíveis fósseis, nos últimos anos.

Elon Musk, CEO da Tesla, publicou no seu Twitter a capa do jornal escandinavo.

Partilha:

Comentários:

1 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. De facto a coisa só funciona desta forma:
    "O país nórdico tem vindo a atribuir subsídios e incentivos generosos aos cidadãos que querem adquirir carros elétricos, incluindo isenções de impostos e de portagens, estacionamento e carregamento gratuitos. "

    Só não os vejo a declarar que vão deixar de extrair petróleo!

    São finos...

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.