Indonésia suspende a exportação de óleo de palma

Indonésia suspende a exportação de óleo de palma

4 de Maio, 2022 0

A Indonésia suspendeu, no fim de abril, a exportação do óleo de palma.

Este país é responsável por cerca de 60% da produção mundial de óleo de palma, sendo que um terço é consumido pelos habitantes.

O Presidente indonésio Joko Widodo explicou que o abastecimento da população de 270 milhões é a principal prioridade.

“Como maior produtor de óleo de palma, é irónico que tenhamos dificuldade em obter óleo de cozinha”, afirmou Widodo.

O abastecimento de óleo de palma tem sido problemático desde o início do ano. A população com mais dificuldades tinha de esperar horas em longas filas em frente a centros de distribuição de óleo, com preços subsidiados pelo governo.

Os produtores de óleo de palma estão a preferir exportar a sua produção para aproveitar ao máximo a alta dos preços, uma vez que os comerciantes estão a procurar alternativas ao óleo de girassol.

O Governo da Indonésia disse que irá retomar as exportações quando o preço do óleo de cozinha cair para 14.000 rupias (0,92€).

Bhima Yudistira, economista do Centro de Estudos Económicos e Jurídicos (Celios), afirmou que a Indonésia corre o risco de ter de pagar multas por quebra de contrato ou até mesmo de enfrentar um processo na Organização Mundial do Comércio (OMC) se a suspensão for prolongada.

A produção do óleo de palma está ligada à destruição das florestas tropicais na Indonésia.

Comentários
Siga-nos no Facebook, Instagram e Telegram!

Subscreva a nossa newsletter

[Newsletter Diária]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.