Deixa os teus convidados maravilhados com estas ideias!

Natal

Quando pensamos no Natal, pensamos na típica imagem de família reunida ao pé de uma árvore lindamente decorada, com uma lareira ao pé, o quarto iluminado pela fogueira e as velas.

Para muitos o Natal é sinonimo de Amor, União, Abundância, Generosidade, Cuidado, Calor, Disponibilidade, Continuidade.
Mas Natal, de acordo com a etimologia latina “natalis” que deriva da palavra “natus” significa “nascido”.
É uma época de Nascimento.

Nas festas pagãs, o nascimento referia-se simbolicamente ao Sol, com o Solstício de Inverno, ou seja, celebrava-se o início da época do ano em que a luz voltava a ocupar mais horas no dia do que a escuridão.

Desde um ponto de vista religioso, o Natal é a data em que se celebra o nascimento de Jesus Cristo.
Portanto, quer seja numa visão pagã ou religiosa, a época de Natal é impregnada de significado, mas infelizmente o capitalismo tornou-a em algo puramente comercial, numa correria e consumo massivo de bens e serviços que começa logo a seguir a celebração de Halloween.

O Natal é uma época de grande pressão para muitas pessoas. Sentem-se no dever de comprar muitas prendas ou prendas boas e grandes a todos os membros da família, amigos e amigas, colegas.

As prendas devem impressionar, corresponder às expetativas dos outros, não dececionar… Se calhar não existem muitas possibilidades económicas, mas mesmo assim, algo dentro nós diz “tenho de comprar a prenda”. Acabamos assim, por fazer esforços para além das nossas possibilidades, porque senão não nos sentimos bem connosco próprios. Já te sentiste assim?

Imagino que sim!

Adicionalmente, somam-se as decorações de casa e da mesa, assim como a preparação de refeições abundantes. Comer torna-se na principal atividade nestes dias. O resultado são barrigas cheias até não poder ver mais comida nos dias a seguir, e um sentimento de culpa por ter comido demais, muito desperdício de comida, lixo devido às decorações e prendas…

Consegues ver como o significado de “Abundância” do Natal referido ao que se possui e ao amor, tem sido usado para justificar o consumo das massas? O objetivo deste artigo é tornar-te mais conscientes nas tuas escolhas neste período do ano tão especial.

A Natureza oferece-nos imensos recursos que podem ser reutilizados, permitindo assim que não haja desperdício, e que o que vem da terra, volte à terra.

Queres saber como celebrar um Natal mais consciente e em harmonia com a (tua) Natureza?

Se sim, neste artigo encontrarás ideias de Decoração para um Natal mais Verde!
Aproveita materiais que tenhas em casa ou aproveita os passeios na Natureza com a família, amigos e/ou a sós para colher folhas, flores ou ramas. Viver de uma maneira consciente e sustentável, também quer dizer evitar tudo o que é de um uso só e que, portanto, cria quantidades de lixo enormes, especialmente de materiais mais difíceis de serem processados, como o plástico.

Se tens decorações que compraste há anos, não tens necessidade de comprar novas e com materiais mais amigos do ambiente só para te sentires “mais alinhado” com a tendência atual. Porque se assim te comportares, estarias novamente a alimentar o consumismo desnecessariamente.

Nesse caso, deves continuar a usar as decorações que tens até que a vida útil do produto chegue ao fim. A duração da vida útil de um produto, entre outros fatores, depende também da maneira como o cuidamos, por isso estima, cuida e agradece pela coisa que já tens.

No caso de não teres decorações, ou as que tinhas chegaram ao seu fim, então podes aplicar as ideais listadas abaixo:

Decorações para a Mesa:

a. Guardanapos com forma de Árvore I

Segue as instruções como na imagem para obter um guardanapo com forma de árvore

Adicionar um pau de canela no fundo do guardanapo para simular o tronco duma árvore.

b. Boneco de neve com pratos, panos de mesa, guardanapos, bagas e cenouras


c. Velas flutuantes

Se tiveres velas pequenas, daquelas tipo Ikea, só precisas de preencher um copo com ramas de pinheiro ou outra planta, algumas bagas que podes encontrar facilmente em parques ou matas, água e a vela no topo!

d. Porta-velas com cascas de laranjas vazias


O objetivo é reutilizarmos as cascas das laranjas que usamos depois de fazermos sumo de laranja natural. Com as duas metades de cada laranja, apenas precisas de remover a parte branca interna com uma colher e, com um molde pequeno de qualquer forma (eu usei as estrelinhas), fazermos buracos ao longo da superfície da casca cuja forma será projetada nas paredes na escuridão. Na extremidade de cada casca vamos realizar um buraco redondo que ajudará a dar estabilidade a casca inferior e a que a chama respire na parte superior.

e. Marcadores Guardanapos

Apenas precisas de uma rama de alecrim, cordel para fechar a rama em forma de círculo e uma etiqueta de papelão. Caso não tenhas uma etiqueta de papelão, podes cortar em quadrados ou retângulos de papelão, e personalizar com o nome de cada convidado.
Se preferires, podes apoiar em cima do guardanapo ou enrolar o guardanapo e introduzi-lo no guardanapo.

Podes substituir o alecrim pelas ramas de pinheiro ou outra planta qualquer.
Em vez de utilizares papelão ou cartolinas (caso tenhas em casa), podes substitui-los com folhas que encontrares no chão em parques ou matos e escrever em cima o nome do convidado, ou também substituir com um pau de canela.

f. Marcador com pinhas

Em alternativa à opção de marcadores para guardanapos, podes usar pinhas recolhidas num parque ou mata, limpá-las e encaixar entre as escamas um quadradinho de papelão ou cartolina personalizado com o nome de cada convidado.

Em vez de utilizar papelão ou cartolinas (caso tenhas em casa), podes substitui-las por folhas que encontrares no chão em parques ou matas e escrever em cima o nome do convidado.

g. Decoração de centro de mesa com laranjas e cravinhos.

Podem personalizar as cascas da laranja removendo algumas partes e criando formas na superfície da mesma.

Decorações para a Casa:

a. Cordão decorativo com casca de laranja

Porquê casca de laranja? Porque costumamos atirá-la ao lixo, quando é um elemento tão versátil que pode ser reaproveitado criativamente! Para além de deixar um agradável aroma na casa toda!

Apenas precisas de moldes pequenos para bolachas (de qualquer forma, eu tinha de estrelas) e pressionar sobre a casca da laranja para obter formas. Começamos por fazer um buraquinho nas formas com a ponta duma faca, e deixamos passar o cordel pelo buraco. Depois, criamos um nó na parte interior da casca da laranja de forma a segurar a forma. Repetimos o mesmo processo com as outras formas deixando entre elas um espaço da mesma largura

b. Cabide decorativo

Sabes aqueles cabides de metal que usam nas lavandarias? Podes reutilizá-los para realizar uma coroa de Natal para pendurar na porta de entrada da tua casa.
Só precisas de dar forma circular à parte triangular do cabide e colocar ao longo da superfície da mesma, ramas, flores, pinhas, bagas, paus de canela, ou qualquer outro ornamento que gostes e segurá-los com um cordel.

c. Velas com ervas aromáticas e cordel ou com paus de canela e cordel

Caso tenhas velas normais largas e altas, podes dar-lhes um toque de Natal colocando ramas de alecrim ou paus de canela na superfície externa e segurá-las com um cordel.


Como podes ver, existem infinitas possibilidades com elementos naturais, sem precisares de gastar dinheiro e onde com a tua criatividade podes deixar os teus convidados maravilhados!

Juntas-te a nós para um Natal mais Verde? 😊

Anita D’Ambrosio

O meu nome é Anita D’Ambrosio e sou Health Coach Holística certificada pelo IIN (Institute for Integrative Nutrition – New York). Através da minha orientação nas principais componentes da saúde, incluindo a nutrição, bem-estar, atividade física e espiritualidade, ajudo a alcançar uma vida mais completa e feliz, respeitando sempre a bio individualidade em todas as suas dimensões.
A minha forma de coaching diferencia-se e baseia-se em acreditar que a Natureza tem poderes curativos e que é em harmonia com a Natureza que nos sentimos completos e felizes, sendo que a Natureza e o respeito pela Natureza estão sempre presente na minha forma de atuar e na mudança que quero fazer no mundo.


Subscrever a Newsletter

1 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.