Portugal Green Travel: viagens sustentáveis

Portugal Green Travel: viagens sustentáveis

26 de Novembro, 2020 0

 

Experiências Inesquecíveis num Portugal por Descobrir.

O UniPlanet falou com Hugo Teixeira Francisco um dos criadores da Portugal Green Travel que nos apresentou este projeto.

 

UniPlanet (UP): Como nasceu a Portugal Green Travel?


A Portugal Green Travel (PGT) surgiu com o encontro de ideias entre dois colegas que se tornaram amigos. Já trabalhávamos juntos, o João Ramos com a sua empresa de animação turística (AT) DNA Travel & Events e eu, Hugo Francisco, enquanto estava na minha anterior empresa, também era um operador turístico (OT) que contratava programas de AT à DNA. Decidimos concorrer a um programa de aceleração de ideias do Turismo de Portugal, neste caso o New Tourism Ideias (NEWTON) no Instituto Pedro Nunes em Coimbra e daí surgiu a possibilidade de lançar a ideia de negócio na Holanda, na feira de Utrech. Daí tivemos a necessidade de criar a empresa durante janeiro de 2019 uma vez que já tínhamos clientes.

A PGT apresenta-se como uma Destination Management Company (DMC) com duas áreas principais de atividade: 1ª Operação Turística e 2ª Consultoria Estratégica em Turismo. No caso da OT somos especialistas em turismo de experiências, estruturando e comercializando experiências únicas, com uma forte componente de interação com comunidades e tradições locais, envolvendo agentes locais e com um cunho sustentável. Estamos direcionados para estruturação e comercialização de produtos em áreas geográficas de interior e territórios de baixa densidade.

 

UP: Disseram uma vez que têm ‘uma estratégia de sustentabilidade 360º’, podem explicar-nos melhor este conceito?


A sustentabilidade 360º foi um conceito criado pelo João Ramos, numa sessão de brainstorming para um projeto de consultoria. Nós queríamos mais do que falar no “usual” conceito de sustentabilidade, onde se alia a sustentabilidade ambiental, à económica e social. Nós acreditamos que sustentabilidade é muito mais do que isso e é fundamental a existência de um quarto pilar, o cultural. O que seria dos nossos territórios de interior sem a sua cultura? Sem a sua gastronomia? Sem as suas romarias? No que toca à estruturação de oferta turística, a componente cultural é a que está diretamente ligada à experiência, que é, como sabemos na atualidade a parte fulcral do produto turístico. A parte cultural é tão ou mais importante do que os restantes eixos da sustentabilidade clássica! Assim, a sustentabilidade 360º alia o desenvolvimento ambiental, ao social, económico e cultural.

UP: Que experiências oferecem aos vossos clientes?


As nossas apostas incluem: Turismo Militar, com a estruturação, conjuntamente com a Associação de Turismo Militar da Rota da 3ª Invasão Francesa, produto altamente inovador com uma perspetiva multiterritorial e multissectorial. Apostámos forte no walking, trabalhando com OT de outgoing de referência a nível mundial na promoção de territórios como as Aldeias do Xisto, Aldeias Históricas, Serra da Estrela, Alto Alentejo entre outros.

Temos também programas inovadores de gastronomia e vinhos, sempre promovendo produtos endógenos e associando a operação a uma forte componente de storytelling. Mais do que ver e visitar o destino queremos que o nosso cliente sinta o destino.

Lançamos recentemente programas de meio dia de visitas guiadas, com a criação de imaginário e storytelling, onde desafiamos os nossos clientes a visitar um determinado destino, mas invés de uma visita guiada convencional, vão ser acompanhados por uma figura histórica, que regressa no tempo para fazer uma visita na primeira pessoa, com curiosidades e informações que não são de domínio público, ou pelo menos, são desconhecidas da grande maioria do público!

Lançamos também a Foge Comigo por Portugal com o desejo de reinventar a forma como os portugueses viajam nos territórios de interior.
Este projeto é resultado de uma parceria estratégica entre a Portugal Green Travel e a Editora Foge Comigo.
A Foge Comigo por Portugal trabalha em formato voucher, com 3 programas disponíveis, Alto Alentejo, Nacional 2 e Beira Baixa, estando para breve o lançamento dos Programas do Bussaco e Terceira.

As experiências podem ser adquiridas na plataforma online e incluem alojamento, em unidades de Turismo em Espaço Rural ou similar, refeições, animação turística e um Guia Foge Comigo do destino escolhido. A participação no programa Tourism Explorer’s irá materializar-se no lançamento de uma aplicação móvel, IOS e Android, com toda a informação do programa adquirido e com integração de redes sociais, georreferenciação e customização automática durante a utilização.

A Foge Comigo por Portugal quer revolucionar a forma como viajamos no interior de Portugal.
No dia 26 de novembro, a Foge Comigo foi premiada com o primeiro lugar no programa de Ideias de Negócio Tourism Explorers, edição de Coimbra, do Turismo de Portugal.

 

UP: Também oferecem serviços de consultoria, não é verdade?


Sim. Além da divisão de DMC temos também uma divisão de consultoria, a Portugal Green Travel – Consulting e contamos com a coordenação de Ana Moita Francisco, docente universitária e consultora com mais de 10 anos de experiência (NEOTURIS, Essentia, etc…) tendo participado em dezenas de projetos nacionais e internacionais. Temos neste momento vários projetos de consultoria a decorrer e vamos inclusivamente reforçar a nossa equipa de consultoria nos próximos meses.

Esta dupla valência permite-nos ter a capacidade de apresentar soluções integradas de estruturação e comercialização de produtos turísticos. Nós vemo-nos como um OT que também faz consultoria, e não o contrário. A nossa equipa principal é formada por formadores do Turismo de Portugal com mais de 10 anos de experiência, docentes do ensino profissional e universitário, aptos e capazes de dar resposta aos mais exigentes padrões.

UP: Era importante para vocês, serem certificados pela Biosphere?


Sim, absolutamente! Nós fomos o primeiro OT a obter a certificação, numa fase de lançamento da empresa e permitiu um posicionamento diferenciado dos nossos produtos. Tanto a nível de posicionamento, como a nível de estruturação, como a nível de trabalho em rede, a Certificação Biosphere foi absolutamente fundamental para o sucesso da Portugal Green Travel, tanto a nível nacional como a nível internacional.

Além de certificados, participamos ativamente com a Biopshere em vários projetos trazendo know-how de mercado para os processos de capacitação de agentes. Nós, mais do que sermos consultores, somos empresários, que fazemos consultoria. Esta é uma das nossas grandes mais valias, que nos permite falar com os empresários de “olhos nos olhos”, uma vez que reconhecemos “as suas dores” e os seus desafios diários e nos permite sempre apresentar soluções para os seus negócios.

UP: Querem apresentar-nos também a DNA Travel & Events?


A DNA Travel & Events é uma empresa de Animação com mais de 10 anos de experiência, especializada em Teambuilding, Eventos Corporativos e Viagens de Incentivo. Paralelamente tem também uma divisão de Outdoor, onde realiza atividades de natureza e aventura, nomeadamente Canyoning, Rapel, Escalada e Manobras de Corda, Canoagem, Espeleologia, Paintball e LaserTag.
Podem acompanhar a DNA nas redes socias, Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube ou em dnaeventos.com.

UP: Para terminar, onde podemos encontrar mais informação sobre a Portugal Green Travel?


Temos uma política de comunicação de redes sociais baseada na proximidade com os nossos seguidores e público alvo e com uma frequência diária. Podem acompanhar, tanto a Portugal Green Travel – DMC, como a Portugal Green Travel – Consulting através do Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube ou em portugalgreentravel.com.

Comentários
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.