Porto, Braga e Águeda consideradas cidades líderes ambientais

Porto, Braga e Águeda consideradas cidades líderes ambientais

19 de Novembro, 2020 0

Porto

POR JORGE SÁ | 19 de novembro de 2020, 21:13

Porto, Braga e Águeda estão entre 88 cidades em todo o mundo consideradas líderes ambientais, segundo uma lista publicada pela organização internacional CDP.

No ranking deste ano, as três cidades portuguesas alcançaram pontuações que lhes proporcionaram a classificação “classe A”, que reconhece os esforços feitos pelos municípios para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e criar resistência aos impactos das alterações climáticas. Na atribuição da “classe A”, o CDP tem em conta fatores como inventários das emissões à escala da cidade, metas de redução de emissões, além dos planos de ação climática e de avaliação de riscos climáticos.

No ano passado, as cidades lusitanas “classe A” foram Lisboa, Sintra e Guimarães. No entanto, nenhuma das três conseguiu, este ano, destacar-se como centros urbanos “a trabalhar para se tornarem locais resilientes, saudáveis e prósperos para se viver e trabalhar, ao mesmo tempo que reduzem as emissões e constroem rapidamente resiliência contra as alterações climáticas”.

De acordo com a lista tornada pública na segunda-feira passada, a Dinamarca tem o maior número de cidades europeias com melhor pontuação, seis, seguindo-se Suécia (cinco), Finlândia (quatro) e, depois, Espanha e Portugal, com três cidades cada.

O CDP trata-se de uma organização sem fins lucrativos que apoia investidores, empresas, cidades e regiões a gerir os impactos ambientais. É financiada pela União Europeia e, este ano, perto de dez mil empresas, que representam mais de metade da capitalização do mercado global, divulgaram os dados ambientais através do CDP.

Comentários
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.