A China tornou o pangolim uma espécie protegida e retirou-o da lista da medicina tradicional.

Pangolim

A China tornou o pangolim uma espécie protegida e retirou-o da lista da medicina tradicional, assim como, os medicamentos feitos à base de excrementos de morcego.

O pangolim é o mamífero mais contrabandeado no mundo e as suas oito espécies (quatro africanas e quatro asiáticas) estão em vias de extinção, por causa do tráfico ilegal. As suas escamas são um ingrediente da medicina tradicional chinesa e a sua carne é considerada uma iguaria.

Este animal entrou, no dia 5 de junho, para o grupo dos animais que têm o mais elevado grau de proteção por deliberação da Administração Nacional de Florestas e Pradarias, juntando-se a um grupo restrito que inclui os pandas gigantes, os antílopes tibetanos e os grous-da-Manchuria.

As novas regras proíbem a criação de pangolins em cativeiro e o uso das suas escamas na medicina tradicional do país.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.