A Ponsulativo & Detalhes Predilectos é uma empresa que realiza passeios guiados na zona do Parque Natural do Tejo Internacional e do Geoparque Naturtejo.

Barco no Tejo

A Ponsulativo & Detalhes Predilectos é uma empresa que realiza passeios guiados na zona do Parque Natural do Tejo Internacional e do Geoparque Naturtejo.
É também um apoiante do UniPlanet (veja mais aqui e apoie também o UniPlanet).

O UniPlanet falou com Sílvio Gil Martins que nos apresentou este projeto.


UniPlanet (UP): Como nasceu a Ponsulativo & Detalhes Predilectos?

A Ponsulativo foi criada em 2011 como empresa de animação Turística, que realizava atividades no rio Ponsul e Tejo.
Posteriormente, foi realizada uma parceria entre a autarquia de Castelo Branco e Cáceres, em Espanha.

Começamos a realizar passeios de barco no "Barco del Tajo", partindo do cais de Lentiscais até Cedilho, em Espanha. Realizamos atividades no barco, como a descrição da fauna e da flora e também canoagem nos ancoradouros.
Posteriormente criamos um novo programa que inclui visitas guiadas a Castelo Branco e Cáceres. Foi nessa altura que solicitamos os serviços da empresa Detalhes Predilectos Guias Turísticos Lda, para realizar as visitas.

Em 2019, o rio Tejo e o rio Ponsul não tinham caudal, sendo impossível realizar atividades de qualquer natureza e toda a economia regional e transfronteiriça foi afetada.

De forma a tentar renascer desta calamidade e tentar revitalizar a Raia Portuguesa e Espanhola, decidimos unir a Ponsulativo com a Detalhes Predilectos, criando, deste modo, a Ponsulativo & Detalhes Predilectos.



UP: Que serviços oferecem?

Visitas guiadas, passeios de barco, atividades de animação Turística, animação cultural, venda de marroquinaria, artesanato e souvenires, realização de eventos.


UP: As plataformas colaborativas como a vossa são promotoras de novas oportunidade. Em que consiste a economia colaborativa?

Trabalhei três anos como consultor na EDP Serviços, onde de facto fiquei a conhecer a evolução das energias renováveis e a mobilidade elétrica. Foi durante estes anos em que trabalhei como consultor que percebi a dependência que temos das energias fósseis, como por exemplo as centrais de carvão para produção de eletricidade, a poluição da combustão dos veículos e os efeitos devastadores das energias fósseis no meio ambiente e na economia! A economia colaborativa assenta em três pilares essenciais.

  1. Revitalização e inovação das regiões de Baixa Densidade populacional
  2. Qualidade de vida
  3. Meio Ambiente
Estes três pilares formam a economia circular e colaborativa!

Temos verificado que, nas últimas décadas, as regiões do Interior estão cada vez mais desertificadas e mesmo com aldeias fantasmas. É necessário recuperar as antigas tradições e ofícios, de forma a criar empregos e trabalho ancestral, que se tem vindo a perder, como a pastorícia e a agricultura de subsistência – fatores que têm levado a que os terrenos não sejam limpos tanto pelos animais, que já não existem, bem como pelas pessoas, que deixam de tratar os terrenos, e são um fósforo para as catástrofes como são os incêndios.

Desta forma, é necessário gerar um ecossistema baseado no compromisso, na solidariedade e na criação de ideias empreendedoras. São estes fatores que geram emprego, riqueza e inovação nas regiões de baixa densidade populacional.



UP: Onde podemos encontrar mais informações sobre a Ponsulativo & Detalhes Predilectos?

Podem encontrar mais informação no Facebook e no nosso site.



Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.