Os animais estão há semanas com falta de alimentos e de medicamentos.

Leoa desnutrida

Uma campanha online, com o slogan "#SudanAnimalRescue", foi criada para tentar salvar cinco leões africanos doentes e desnutridos, no jardim zoológico Al-Qureshi, em Cartum, capital do Sudão.

As pessoas, através da campanha, estão a exigir que os leões sejam transferidos para um local melhor.

"Uma das duas leoas doentes morreu hoje [segunda-feira]. Ontem, o médico deu às duas alguns remédios, depois receberam comida", contou Essamelddine Hajjar, gerente do parque Al-Qureshi. "Uma recuperou, mas a outra morreu."

"A comida nem sempre está disponível; muitas vezes compramo-la com o nosso próprio dinheiro para os podermos alimentar", disse Hajjar.
O parque é administrado pelo município de Cartum, mas também é financiado com donativos privados.

O Sudão está a passar por uma grave crise económica, devido ao aumento dos preços dos alimentos e pela escassez de moeda estrangeira.


Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.