Aceita um desafio? Em fevereiro não faça compras em supermercados, apoiando os produtores locais e o comércio independente.

carrinho de compras num corredor de supermercado

Consegue passar o mês de fevereiro sem fazer compras num supermercado?

O desafio “Fevereiro sem supermercados” nasceu na Suíça, em 2017, e pretende apoiar os produtores locais e o comércio independente, promovendo, ao mesmo tempo, o consumo responsável e sustentável.

Esta é a quarta vez que a iniciativa terá lugar. Em 2018, foram mais de 20 mil os participantes na Suíça e em França. E em 2019, os belgas vieram reforçar estes números.

“O objetivo do desafio? Promover o comércio independente, redescobrir as mercearias dos bairros, apoiar os pequenos produtores, promover a venda a granel e o comércio local, repovoar os mercados ou ainda reaprender a comprar apenas o essencial”, explica Leïla Rölli, fundadora do site ecologista En Vert et Contre Tout e promotora do desafio.

“Mas também é uma oportunidade de dizer às grandes superfícies comerciais que não concordamos com o excesso de embalagens, com as distâncias extremas viajadas pelos alimentos ou com as políticas de preços, que esmagam os pequenos produtores.”


Février sans supermarché

A iniciativa decorre em fevereiro para nos dar a oportunidade de “começar de novo”, de uma forma mais saudável, depois do “período de consumo desenfreado” das festas do fim do ano.

Segundo o La Relève et La Peste, parceiro da iniciativa, o desafio “permite aos participantes questionar, a uma escala individual e coletiva, o modelo económico apoiado por uma sociedade através do seu consumo”.

Os organizadores lembram que, para participar, não é preciso boicotar totalmente as grandes superfícies, uma vez que isto nem sempre será possível.

“O principal é apoiar o circuito curto agroalimentar dentro das possibilidades de cada um e das limitações dos respetivos locais de residência”, dizem.

O desafio já deu origem a vários grupos no Facebook, nos quais os participantes trocam dicas, conselhos e até indicações sobre os melhores locais a visitar em cada região durante o desafio.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.