Quase metade da eletricidade consumida na Dinamarca em 2019 teve origem eólica.

Turbina eólica

A Dinamarca alcançou um novo recorde: quase metade da eletricidade consumida no país em 2019 teve origem eólica.

De acordo com dados preliminares da operadora da rede elétrica dinamarquesa, Energinet, a eólica respondeu por 47% do consumo nacional de eletricidade no ano passado, face a 41% em 2018. O anterior máximo registado no país foi de 43% em 2017.

A produção de eletricidade através das turbinas eólicas no mar subiu de 14% em 2018 para 18% no ano passado. As turbinas eólicas onshore (em terra) foram responsáveis por 29% da energia consumida.

Estes valores deixam a Dinamarca bem à frente da sua rival mais próxima, a Irlanda, que obteve 28% da sua eletricidade através do vento em 2018. Em Portugal, a produção eólica abasteceu 27% do consumo de energia elétrica em 2019, de acordo com a REN.

O aumento na participação da eólica na Dinamarca deve-se, em parte, ao início das operações no parque eólico offshore Horns Rev 3, da Vattenfall, no Mar do Norte, em agosto.


Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.