A busca por novos combustíveis é uma ação urgente e necessária.



Por Vinícius Puhl

A busca por novos combustíveis é uma ação urgente e necessária. A dependência global e, muito particularmente dos países em desenvolvimento, como o Brasil, da matriz energética dos combustíveis fósseis para os transportes – oriunda do Petróleo – enfrenta sérias dificuldades de sustentabilidade econômica e ambiental.

O ataque aéreo dos Estados Unidos que matou o comandante da força Quds do Irã, Qassem Soleimani, impactou imediatamente os preços do Petróleo, que sofreram alta de mais de 5% nos Mercados e, ainda teremos muitas consequências desta eminente Guerra.

A chamada 'Era do Conhecimento e da Informação' já está aí há algum tempo e o choque inicial deste novo período que começou com o advento da comunicação imediata, das novas tecnologias, da informática, passou. Vamos experimentando viver sob os signos deste novo tempo e, com eles as oportunidades e desafios que nos são impostas pela realidade. O impacto de ações geradas a milhares de Km chegam imediatamente na esquina de casa, em qualquer pequena cidade brasileira.

Enfrentar o Mercado do Petróleo não é desafio qualquer. A Guerra é produto deste Mercado, da competitividade de Nações por territórios, por Poder e por Energia. Mas, sim é possível! A égide da quarta revolução industrial e as oportunidade que a contemporaneidade nos oferecem como o conceito de Indústria 4.0, a sofisticação da base produtiva, os ousados programa de manufatura avançada, com a criação de novas capacidades em robótica e em internet industrial e, a estratégia da geração de energia limpa, seja através dos biocombustíveis, do hidrogênio, do gás GNL/GNV...

São esses os tempos, em que o combustível da história é parte de um complexo arranjo de necessidades e desafios, difíceis e aparentemente insuperáveis, mas que no curto e médio prazo podem ser enfrentados e por meio do desenvolvimento industrial, através da pesquisa científica e tecnológica, vencidos, entre os quais a mudança na matriz energética dos transportes, fator de impacto econômico e ambiental de enorme significado aos interesses nacionais e globais.


Vinícius Puhl

Vinícius Puhl é Diretor da Technical Partner e coordenador do Programa ‘Mudança na Matriz Energética dos Transportes’ realizado no TECNOPUC e no Zenit/Ufrgs.


Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.