O sacrifício de pintos machos é habitual na indústria de produção de ovos sendo que estes animais são atirados vivos para máquinas de trituração.

Pintos

O Governo suíço aprovou, no dia 23 de outubro, a proibição, a partir de 1 de janeiro de 2020, da trituração de pintainhos vivos, informou o canal nacional RTS.

O sacrifício de pintos machos é habitual na indústria de produção de ovos sendo que estes animais são atirados vivos para máquinas de trituração (vídeo).

A partir de 2020, os criadores serão inspecionados por serviços veterinários locais de modo a obrigar ao cumprimento da nova normativa.

Continuará a ser legal na Suíça, a prática de sacrifício de pintos machos por asfixia por dióxido de carbono.

Grupos ecologistas denunciam que entre 4 e 6 mil milhões de frangos machos são mortos no mundo anualmente, pelo facto de não produzirem ovos e por crescerem mais lentamente do que as fêmeas; os seus restos são usados, geralmente, na ração para animais.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.