Um relatório elaborado para a ONU sobre o desenvolvimento sustentável colocou Portugal em 26º lugar.

Energia eólica

Um relatório elaborado por cientistas independentes para a ONU sobre o desenvolvimento sustentável para 2019, apresentado no dia 11 de setembro em Nova Iorque colocou Portugal em 26º lugar num total de 162 países. Portugal alcançou 76,4 pontos de um máximo de 100.

Dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS), Portugal está a cumprir da melhor forma o 7º “Energias renováveis e acessíveis”, que prevê o acesso a fontes de energia fiáveis, sustentáveis e modernas para todos. Este objetivo foi medido de acordo com a percentagem da população com acesso a eletricidade, a combustíveis limpos e tecnologia para cozinhar, quantidade de dióxido de carbono (CO2) lançado pela queima de combustíveis ou eletricidade e a percentagem de energia renovável utilizada no consumo de energia.

Foram também considerados favoráveis: o objetivo 3 “saúde de qualidade”, o ODS 8 “trabalho digno e crescimento económico” e o ODS 11 “cidades e comunidades sustentáveis”.

Segundo o relatório, para Portugal, os maiores desafios encontram-se na erradicação da fome e nos objetivos 12 “produção e consumo sustentáveis”, 13 “ação climática” e 14 “proteção da vida marinha”.

Os 10 países com desenvolvimento mais sustentável são a Dinamarca (85,2 pontos), Suécia, Finlândia, França, Áustria, Alemanha, República Checa, Noruega, Holanda e Estónia.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.