De acordo com um novo estudo, as saquetas de chá que são feitas de plástico largam milhares de milhões de partículas na água quente.

Chás

De acordo com um novo estudo levado a cabo pela Universidade McGill, no Canadá, e publicado na revista “Environmental Science and Technology”, as saquetas de chá que são feitas de plástico largam milhares de milhões de partículas na água quente.

Os investigadores simularam as condições de produção de um chá e depois examinaram a água obtida através de um microscópio de eletrões.
Cada saqueta de chá feita de plástico pode libertar até 11,6 mil milhões de micropartículas e até 3,1 mil milhões de nanopartículas na água do chá que é depois ingerida pelo consumidor.

Os valores encontrados são muito superiores aos que se encontram em outros produtos embalados em plástico, o que poderá ser por causa das saquetas serem submetidas a altas temperaturas.

Os investigadores recomendam aos fabricantes de chá que evitem as saquetas feitas de plástico e que usem saquetas de papel. As saquetas de plástico dificilmente são recicladas.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.