A Associação de Zoos e Aquários dos EUA vai proibir a utilização de ganchos de metal para controlar os elefantes nos seus parques membros.

cria de elefante é treinada com recurso a ganchos de metal

A Associação de Zoos e Aquários dos Estados Unidos (AZA) anunciou que vai começar, em 2021, a eliminar gradualmente a utilização de ganchos de metal ou aguilhões – conhecidos no país como “bullhooks” – no treino e nos cuidados de rotina dos elefantes em cativeiro nos seus parques membros.

O objetivo será abolir por completo o seu uso até 2023, exceto em emergências ou intervenções médicas não planeadas.

“Embora seja uma ferramenta que os tratadores podem usar de forma adequada e humana, a nossa experiência diz-nos que é desnecessária, e a sua associação histórica aos maus-tratos de elefantes faz-nos concluir que não deveria ser [utilizada] em nenhum jardim zoológico credenciado pela AZA”, disse Rob Vernon, representante da associação.

“O facto de a maioria dos nossos membros não usar de todo estes ganchos e mesmo assim conseguir controlar os elefantes com bastante êxito indica que há métodos alternativos disponíveis”, disse Dan Ashe, presidente e CEO da AZA.

A decisão da associação foi aplaudida pelas organizações de defesa dos direitos dos animais.

“[Esta] medida já há muito que é esperada para proteger os elefantes de uma arma cujo único propósito é infligir dor ou suscitar o medo da dor”, disse Rachel Mathews, da PETA.

“O 'bullhook' é um instrumento muito controverso que se parece com um atiçador para a lareira, com um cabo longo, um gancho aguçado de metal e uma ponta perfurante. Quando utilizado em animais, causa lesões lamentáveis, incluindo lacerações, perfurações e abcessos”, explicou a Humane Society.

Nos EUA, vários estados já proibiram a utilização destes ganchos metálicos, incluindo Rhode Island – o primeiro a fazê-lo – e a Califórnia.

bullhook
Foto: Debbie Leahy / Humane Society dos Estados Unidos


Vídeo: Uma investigação da PETA mostra como são utilizados os ganchos de metal para treinar os elefantes do zoo de Hanôver

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.