Em 1900 existiam mais de 100 mil tigres em estado selvagem no planeta, mas em 2016 este número tinha caído para apenas 3890.

Tigre

Existem atualmente 2967 tigres selvagens na Índia, mais 741 do que há quatro anos. Estas são as conclusões do mais recente censo efetuado à população destes grandes felinos no país.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, apresentou os resultados do relatório no final de julho e afirmou que esta era uma “conquista histórica”. “Reafirmamos o nosso compromisso em prol da proteção dos tigres", disse.

Estima-se que, entre 1875 e 1925, 80 mil tigres tenham sido mortos na Índia. Atualmente, existirão apenas cerca de 3890 destes animais em estado selvagem no mundo, sendo que aproximadamente 70% deles vivem na Índia.

A queda vertiginosa do número de tigres levou a Índia e outros 12 países a assinar um acordo para duplicar o número destes animais até 2022. Segundo Narendra Modi, o país atingiu esta meta quatro anos mais cedo.

De quatro em quatro anos, a Índia conta a sua população de tigres. Para o censo de 2018 foram utilizados dados recolhidos ao longo de centenas de milhares de quilómetros quadrados e quase 350 mil imagens captadas por 26 mil armadilhas fotográficas instaladas nos habitats conhecidos destes felinos.

Embora os números revelados pelo relatório sejam auspiciosos para esta espécie em perigo de extinção desde 1986, os cientistas lembram que os dados devem ser interpretados com alguma cautela, já que podem refletir uma contagem mais meticulosa do que as dos anos anteriores.

A conservacionista Neha Sinha explicou que os resultados também podem significar que há mais tigres a reproduzirem-se nas áreas protegidas, mas alertou para o facto de a espécie não se poder expandir em segurança e procurar novos territórios.

“Cada tigre adulto precisa de criar o seu próprio território, e este tem, por vezes, quase 200 km2, o que significa que precisam de bastante espaço”, disse. “Se queremos que os seus números se estabilizem, precisamos de deixar os tigres expandirem-se.”

Os conflitos entre tigres e seres humanos continuam a ameaçar os felinos, à medida que os seus habitats são fragmentados por estradas, caminhos-de-ferro e outros projetos de desenvolvimento.

Embora o número de áreas protegidas no país tenha crescido nos últimos anos, os conservacionistas avisam que devem ser criadas mais reservas para o grande felino de forma a prevenir estes conflitos.
Foto: Tigre-de-Bengala (Panthera tigris tigris) | Tambako the Jaguar/Flickr

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.