A população de lince ibérico no Vale do Guadiana tem mais 10 crias confirmadas.

Crias de lince ibérico

A população de lince ibérico no Vale do Guadiana tem mais 10 crias confirmadas, de acordo com um comunicado do Ministério do Ambiente.

“O facto de todos os pequenos linces estarem vivos aos dois meses de idade e já se encontrarem a acompanhar as mães reflete a grande qualidade da zona de reintrodução, especialmente no que diz respeito à abundância de presas, mas também da grande capacidade demonstrada pela mãe para cuidar da sua prole”, lê-se no comunicado.

Das 10 crias, duas são de Lagunilla, uma fêmea libertada em 2015, proveniente do centro de reprodução da Granadilla, em Espanha. Três são de Nairóbi, uma fêmea selvagem com três anos que migrou da população de Doñana em 2017 e que teve agora a sua primeira ninhada. Por fim, cinco são de Lluvia, uma fêmea de cinco anos solta em 2015 e também oriunda do centro da Granadilla, que teve agora a sua segunda ninhada.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.