As caixas com isco que são colocadas em instituições públicas para desratização podem estar também a matar aves.

Rateira

As caixas com isco que são colocadas em instituições públicas para desratização podem estar também a matar aves.

Estas caixas, que são colocadas, por exemplo, em recreios de escolas, têm no seu interior uma pastilha — o isco — que atrai os ratos mas que, por conter veneno, acaba por matá-los. Acontece que algumas aves, como melros, pardais e ferreiros, já aprenderam a entrar nas caixas e a retirar o isco para o ingerirem. O veneno pode ser fatal para as aves que, inclusivamente, podem estar a dá-lo também como alimento às suas crias. Mesmo que não partilhem o achado com as crias, estas serão igualmente vítimas, pois quando os progenitores morrem envenenados, ficam abandonadas nos ninhos, sem alimento.

É urgente ponderar se não existirão métodos alternativos de combate às pragas nas instituições públicas ou, pelo menos, de que formas se poderá tornar este método seguro para as aves.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.