Após uma ausência de 140 anos, os lobos estão de volta aos Países Baixos.

Lobo

Os lobos estão de volta aos Países Baixos, depois de uma ausência de 140 anos, segundo apontam as observações de cientistas holandeses.

Após séculos de perseguição, os predadores têm regressado gradualmente a vários países europeus, incluindo a Dinamarca e a Bélgica.

Desde 2015 que são avistados lobos ocasionalmente nos Países Baixos. Contudo, acreditava-se que seriam animais que tinham atravessado temporariamente a fronteira da Alemanha, voltando depois para este país, conta a BBC.

As organizações FREE Nature e Wolven in Nederland têm acompanhado os movimentos de duas fêmeas no parque nacional De Hoge Veluwe, analisando as suas pegadas e dejetos. Os dados recolhidos confirmaram que pelos menos uma das fêmeas se estabeleceu no país há seis meses.

Como também foi avistado um macho na zona, a formação de uma alcateia poderá estar para breve. O ecólogo Roeland Vermeulen acredita que o país tem espaço para 22 alcateias, cada qual com 5 a 8 animais.

O regresso do lobo tem dividido opiniões na Europa. Se os conservacionistas o veem como excelentes notícias, os criadores de gado queixam-se de um crescente número de ataques.

Em França, por exemplo, onde o predador regressou em 1992, através da Itália, e se tem multiplicado, já há cerca de 12 mil relatos de ataques a ovelhas e cabras.

O ecólogo Hugh Jansman, da Universidade holandesa de Wageningen, acredita, no entanto, que o ecossistema local beneficiaria com a presença dos lobos, explicando que a ausência de predadores levou à sobrepopulação de animais, como veados e javalis, na zona.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.