Os pequenos-almoços e os almoços servidos às segundas-feiras nas escolas públicas de Nova Iorque vão passar a ser totalmente vegetarianos.

Cantina

As escolas públicas da cidade de Nova Iorque vão aderir ao movimento “Segundas sem Carne”, num esforço para reduzir a pegada ambiental da cidade e melhorar a saúde pública, anunciou o mayor nova-iorquino, Bill de Blasio.

“Estamos a levar as Segundas sem Carne a todas as escolas públicas para manter o nosso almoço e o planeta verde para as gerações futuras”, declarou o autarca.

A partir do outono, às segundas-feiras, os pequenos-almoços e os almoços servidos aos 1,1 milhões de estudantes destas escolas serão totalmente vegetarianos.

Quem estiver reticente em participar poderá continuar a levar para a escola a marmita com uma refeição com carne, lembra Bill de Blasio.

A iniciativa tinha sido testada em 15 escolas do distrito nova-iorquino de Brooklyn, no ano passado, e a decisão de a estender a todas as instituições públicas de ensino da cidade foi tomada devido aos resultados positivos do projeto-piloto e ao feedback favorável recebido.

“Percorremos um longo caminho. Passamos de 15 escolas em Brooklyn para todas as escolas de Nova Iorque”, disse Eric Adams, presidente do distrito de Brooklyn.

No princípio do ano, os onze hospitais públicos de Nova Iorque também adotaram as 2as sem Carne.

“A redução do nosso apetite por carne é uma das principais formas como podemos, individualmente, reduzir o nosso impacto ambiental no planeta”, disse Mark Chambers, diretor do Gabinete de Sustentabilidade do mayor de Nova Iorque. “As Segundas sem Carne apresentarão centenas de milhares de jovens nova-iorquinos à ideia de que pequenas mudanças nas suas dietas podem originar mudanças maiores na sua saúde e na saúde do nosso planeta.”
Foto: Joseph Molieri/Bread for the World


Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.