Londres vai plantar mais de 40 mil árvores para melhorar a qualidade do ar e de vida dos seus habitantes e criar habitats para a biodiversidade urbana.

Pessoas a plantar árvores

Vão ser plantadas mais de 40 mil árvores em parques, escolas, espaços comunitários e parques infantis de Londres.

O presidente da Câmara da capital inglesa, Sadiq Khan, quer expandir a “floresta urbana” de 8 milhões de árvores de Londres e melhorar, com esta medida, a qualidade do ar, promover o acesso dos londrinos aos espaços verdes e criar habitats para a fauna urbana.

“Os espaços verdes ajudam a melhorar o nosso ambiente e fomentam a nossa qualidade de vida, e eu estou determinado a plantar milhares de árvores novas”, disse Sadiq Khan.

Foi concedido um total de 447 mil libras (515 mil euros) a 29 projetos para a plantação das 40 mil árvores, que começou em outubro de 2018 e se estenderá até março de 2019.

Apenas 13% do território britânico está coberto de árvores, o que o deixa muito abaixo da média da União Europeia. Para ajudar a aumentar o coberto arbóreo de Londres, o presidente também criou um fundo florestal de 1,5 milhões de libras (1,7 milhões de euros) com vista à criação de novas zonas florestais.

“Londres tem alguns espaços verdes fantásticos, mas a maioria deles foi fundada no séc. XIX, e o que é agora necessário é um esforço maciço para se criarem novos parques urbanos”, disse Michael Batty, professor da University College London.

São inúmeros os benefícios atribuídos ao arvoredo urbano. As árvores nas cidades reduzem a poluição, armazenam carbono e protegem as pessoas durante as ondas de calor, ajudando as megacidades a poupar cerca de 430 milhões de euros, anualmente, em cuidados de saúde, nos custos associados ao aquecimento e arrefecimento dos edifícios e em proteção ambiental, de acordo com um estudo publicado na revista científica Ecological Modelling.

No princípio de 2018, o Governo britânico anunciou que vai criar uma floresta “de costa a costa” (entre Liverpool e Hull) em Inglaterra com 50 milhões de árvores.
Foto: Alex Indigo/Flickr

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.