A justiça administrativa francesa proibiu, no dia 15 de janeiro, a venda e o uso do Roundup Pro 360 na França, um herbicida da Monsanto/Bayer que contém glifosato.

Glifosato

A justiça administrativa francesa proibiu, no dia 15 de janeiro, a venda e o uso do Roundup Pro 360 na França, um herbicida da Monsanto/Bayer que contém glifosato.

A decisão do tribunal administrativo de Lyon tem "efeito imediato", de acordo com a Agência Nacional de Segurança Sanitária de Alimentação, Ambiente e Trabalho (Anses).
A Bayer mostrou-se "surpreendida" com a decisão e indicou em comunicado que "está a estudar ações jurídicas" necessárias.

"É uma decisão muito importante porque afeta todos os Roundup, pois o tribunal considera que todos os produtos que contêm glifosato são provavelmente cancerígenos", afirmou Corinne Lepage, advogada do Comité de pesquisa sobre engenharia genética (CRIIGEN).
Foto: Mike Mozart/Flickr

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.