"É p’ra amanhã – Viagem a um futuro sustentável" é uma série-documental sobre a sustentabilidade em Portugal, que vai juntar soluções e nos vai mostrar como pode ser o nosso mundo de amanhã.



"É p’ra amanhã – Viagem a um futuro sustentável" é uma série-documental sobre a sustentabilidade em Portugal, que vai juntar soluções e nos vai mostrar como pode ser o nosso mundo de amanhã.

O UniPlanet falou com Pedro Serra, o realizador do "É p’ra amanhã", que nos deu a conhecer este belo projeto.


UniPlanet (UP): Como surgiu a ideia para a criação da série-documental “É p’ra amanhã”?

A ideia nasceu no final de 2017, a partir de uma conversa de 5 minutos quando conheci o Luís Costa (hoje produtor e coordenador deste projeto) após a estreia do meu último documentário - Wasted Waste.
O Luís perguntou-me se eu já tinha visto o documentário francês Demain, que já conhecia e gosto imenso, por apresentar soluções locais em resposta a problemas ambientais à escala global. E perguntou se estava interessado em produzir algo com a mesma premissa, com foco em Portugal. Esta abordagem tem sido uma constante nos diferentes documentários que fiz, mostrar alternativas positivas, mostrar que é possível fazer a diferença e que está ao alcance de cada um de nós. Por isso, aceitei! Dei-lhe o meu contacto, falámos semanas mais tarde e de entre amigos com os mesmos propósitos ou ideais em comum, reunimos a equipa hoje formada!






UP: Quais serão os temas que irão abordar? São vocês que decidem os projetos que vão ser apresentados na série documental ou as pessoas podem sugerir projetos? Se sim, de que forma o podem fazer?

Queremos dividir esta série por episódios, em que cada um representa uma diferente temática, que consideramos inerente a qualquer sociedade: Alimentação, Energia, Educação, Floresta, Moda e Economia. Já mapeamos mais de 200 projetos em todo o país (Portugal Continental) e vamos lançar no nosso website e redes sociais uma campanha de crowdsourcing, no dia 24 de janeiro, onde qualquer pessoa pode sugerir projetos e pessoas que de alguma forma, estão a desenvolver algo em prol da comunidade. Soluções locais ao declínio ambiental e social que observamos hoje em dia. Por uma vida mais próspera para todos os habitantes deste Planeta.

Queremos que o tema comece a ganhar a devida importância na nossa sociedade e que as pessoas conheçam soluções viáveis por um estilo de vida mais sustentável. A partir daqui, vamos escolher os projetos que, dentro destas linhas, marquem a diferença pela positiva e que sejam exemplos para um futuro próximo. E queremos chegar até elas da forma mais sustentável e integrada possível (bicicleta, transportes públicos, meios elétricos) para sensibilizar para a importância de repensar os transportes e o sistema energético atual.

A nossa ideia é que todas as pessoas possam sugerir projetos que de alguma forma se destacam nesta área. A decisão final dos projetos a incluir na série será depois tomada pela nossa equipa, sendo que vamos procurar ter a opinião de especialistas de cada umas das áreas para nos apoiarem na decisão. Ainda não temos os critérios de escolha totalmente fechados. Mas alguns dos fatores de decisão, serão:

  1. A finalidade do projeto contribuir para a transição para uma economia sustentável, através de impactos ambientais, sociais ou económicos positivos.
  2. A natureza e os responsáveis pelo projeto são inspiradores/ motivadores para os espectadores do filme, em particular para as novas gerações
  3. O projeto é viável, ou parece viável, tendo já um impacto elevado, um potencial de expansão e/ou replicabilidade





UP: Têm uma campanha de crowdfunding a decorrer e já atingiram a vossa meta. Ainda podemos apoiar o vosso projeto?

Sim. Para grande surpresa nossa, atingimos os 100% da nossa campanha, 20 dias após a termos iniciado. Esse total era de 3500€, porque nos aconselharam a ter os pés na terra e pedirmos por baixo. Honestamente, eu era o mais cético. Achava mesmo muito difícil atingir este objetivo nas 5 semanas que tínhamos projetado para a campanha. Conseguimos em metade do tempo e tem sido incrível todo o apoio que temos recebido! Estamos mesmo muito contentes com todo o carinho que tem chegado até nós e vermos que há tanta gente interessada em ver isto andar para a frente!

A campanha continua até dia 23 de janeiro, pois precisamos de um total de 6000€ de financiamento para realizar a série. Contávamos conseguir o restante dinheiro, através de outras ações, mas como ainda faltam alguns dias para terminar a campanha, estamos a dizer às pessoas que podem continuar a contribuir e temos ainda várias recompensas disponíveis!



UP: Como tem sido o feedback das pessoas em relação ao vosso projeto?

Tem sido uma viagem espetacular e ainda nem estamos na estrada! Temos tido o interesse de tanta gente, tantas pessoas a oferecer-se para ajudar ou simplesmente a enviarem-nos mensagens de apoio... Tem sido lindo!

Nunca esperámos ter a projeção que estamos a ter em tão pouco tempo. A campanha de Crowdfunding está a ser um verdadeiro sucesso, com o contributo de mais de 200 pessoas até agora. A apresentação pública do projeto, no dia 16 de Janeiro, no Impact Hub em Lisboa, excedeu todas as expectativas! Tivemos a sala a abarrotar de gente feliz por ver isto acontecer! E tudo isto tem-nos entusiasmado muito e dado muito alento.






UP: Quando vão iniciar as filmagens e quando sairá o primeiro episódio?

As filmagens serão durante abril e maio. Depois vem toda a fase de pós-produção. Contamos ter a nossa antestreia no outono deste ano.


UP: Querem apresentar-nos a vossa equipa?

Eu já conhecia a Teresa Carvalheira da Fashion Revolution Portugal e ela é hoje a responsável de gestão do projeto e comunicação. O Luís Costa é amigo do Francesco Rocca, que se tornou assistente à produção e coordenação do projeto, bem como o Edgar Rodrigues, que é o nosso designer e assistente de comunicação; e mais tarde eu trouxe a Verónica Silva, para ser a nossa consultora de comunicação e produção, pela vasta experiência que tem em produção de conteúdos em Televisão.


UP: Para terminar, onde podemos encontrar mais informação sobre o “É p’ra amanhã”?

Estamos no Facebook com o nome "É P'ra Amanhã" e no Instagram (@epraamanha). É lá que postamos as novidades fresquinhas. E temos também o nosso site oficial, www.epraamanha.pt, onde vão poder contribuir com sugestões de iniciativas que seriam interessantes para o nosso mapeamento!




Logo

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.