A Noruega vai ser o primeiro país do mundo a proibir a compra de óleo de palma ligado à destruição de florestas tropicais pela sua indústria dos biocombustíveis.

Desflorestação

A Noruega vai ser o primeiro país do mundo a proibir a compra de óleo de palma ligado à destruição de florestas tropicais pela sua indústria dos biocombustíveis. A decisão foi aprovada no dia 3 de dezembro, no parlamento, e entrará em vigor em 2020.

A destruição da floresta tropical para a expansão de plantações de óleo de palma está a colocar em risco espécies criticamente ameaçadas, como os orangotangos.

“A decisão do parlamento norueguês é um exemplo importante para outros países e demonstra a necessidade de uma reforma séria na indústria mundial do óleo de palma”, afirmou Nils Hermann Ranum, da Rainforest Foundation Norway.

A União Europeia comprometeu-se a acabar com os biocombustíveis associados à destruição de habitats naturais a partir de 2030.


Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.