De acordo com a Reuters, a Johnson & Johnson sabia, há mais de 40 anos, que o seu pó de talco para bebés continha amianto.

Pó de talco

De acordo com a Reuters, a Johnson & Johnson sabia, há mais de 40 anos, que o seu pó de talco para bebés continha amianto. A conclusão surgiu depois de serem analisados relatórios da empresa e outros documentos confidenciais.

Entre 1971 e 2000, segundo testes realizados, as embalagens de pó de talco da marca revelaram a presença de uma pequena quantidade de amianto.

A empresa tem sido acusada por centenas de mulheres que afirmam ter desenvolvido cancro do ovário depois de utilizarem produtos da marca. Em 2016, a Johnson & Johnson foi condenada a pagar uma multa de 70 milhões de euros a uma mulher que desenvolveu cancro.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.