A China suspendeu a alteração à lei que iria permitir o comércio de ossos de tigre e chifres de rinoceronte, após o protesto de vários grupos de conservação.

Rinoceronte

A China suspendeu a alteração à lei que iria permitir o comércio de ossos de tigre e chifres de rinoceronte, após o protesto de vários grupos de conservação.
Os produtos destes animais em perigo de extinção são usados na medicina tradicional chinesa, apesar da falta de evidência sobre a sua eficácia no tratamento de doenças.

De acordo com Ding Xuedong, um funcionário do Conselho de Estado, a alteração que iria permitir o comércio de chifres de rinoceronte e ossos de tigre sob "circunstâncias especiais" foi "suspensa para análise".

"Os departamentos relevantes do Governo chinês vão em breve continuar a organizar campanhas especiais de combate focadas em travar o comércio ilegal de rinocerontes, tigres ou produtos derivadas destes animais", afirmou Ding. "Vamos lidar com ações ilegais de forma rigorosa".

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.