O ministro da Agricultura e da Alimentação francês confirmou a suspensão de um matadouro biológico, na localidade francesa de Boischaut, depois de serem divulgadas imagens chocantes de maus-tratos.

Matadouro

O ministro da Agricultura e da Alimentação francês confirmou a suspensão imediata de um matadouro com certificação biológica, na localidade francesa de Boischaut, no distrito de Indre, depois de serem divulgadas, pela associação de defesa dos animais L214, imagens chocantes de maus-tratos, que foram retiradas de uma câmara de videovigilância do estabelecimento. No vídeo, veem-se animais a serem esquartejados ainda conscientes.

"Confrontado com a divulgação de um vídeo que mostra as práticas inaceitáveis de um matadouro no distrito de Indre, Didier Guillaume, o ministro da Agricultura e Alimentação, pede ao autarca que suspenda imediatamente, por precaução, a atividade do estabelecimento", lê-se num comunicado do ministério divulgado um dia depois da publicação do vídeo.

Foi ainda ordenada uma investigação por parte da Brigada Nacional de Investigação Veterinária, de forma a apurar as responsabilidades e as devidas sanções.

"Os maus-tratos a animais são inaceitáveis. Face à gravidade da situação exposta pelos vídeos da associação L214, a pedido do ministro, a autarquia ordena hoje uma suspensão temporária da atividade aos responsáveis pela estrutura", escreveu a autarquia de Indre no Twitter.



ATENÇÃO: Os vídeos que se seguem contêm imagens muito chocantes.






Veja também:
Celebridades portuguesas reagem a um vídeo do transporte de animais vivos

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.