Nas grandes lojas de “Kierrätyskeskus”, na Finlândia, encontram-se todo o estilo de produtos em segunda mão, poupam-se recursos, dinheiro e ainda se ajuda o ambiente.

Artigos da Kierrätyskeskus

Numa altura em que o mundo se preocupa cada vez mais com o impacto da produção dos bens de consumo e a utilização insustentável dos recursos naturais, surgem projetos que procuram fazer a diferença.

É este o caso dos centros de reutilização “Kierrätyskeskus” na Finlândia. Os seus grandes armazéns – diferentes das habituais lojas de segunda mão – fornecem uma alternativa à “cultura do descartável” e combatem o desperdício.

Existem sete, espalhados por várias cidades da área metropolitana de Helsínquia. O inventário destas lojas sem fins lucrativos inclui uma enorme variedade de objetos em segunda mão a preços acessíveis, como mobília, eletrodomésticos, roupa, brinquedos, livros, utensílios de cozinha, bicicletas, artigos de desporto e muito, muito mais. Para o resto do país, está disponível uma loja online.

Estamos a consumir os recursos naturais a um ritmo insustentável. O cerne do Kierrätyskeskus reside na redução deste hábito destrutivo, de modo a promover e permitir a reutilização, upcycling, DIY e um estilo de vida sustentável. Acreditamos que cada um de nós pode ser mais do que apenas um consumidor”, explica a organização.

Os artigos disponíveis nas lojas são doados pelo público ou por empresas. Os centros reparam os eletrodomésticos e aparelhos eletrónicos doados que possam estar avariados e ainda fazem “upcycling” de alguns artigos, criando novos produtos para a Plan B, a sua própria marca de moda, mobiliário e acessórios.

Artigos da Kierrätyskeskus

Artigos da Kierrätyskeskus
Fotos: Kierrätyskeskus

É assim que é possível fazer compras e doar algo ao mesmo tempo. “Estou à procura de roupas novas para o meu emprego novo”, explica uma cliente. “E trago peças de roupa que já não uso [para as doar].”

O Kierrätyskeskus também tem uma missão educativa e de sensibilização ambiental. Kaisa Karjalainen, especialista ambiental do centro, explica que é esta a função de um roupeiro localizado na loja, que ensina as crianças a analisar a qualidade do vestuário. “Nos últimos anos notamos um aumento na moda descartável”, conta Kaisa. “É difícil encontrar roupas que durem mais do que algumas lavagens.”

Não quero ir ao IKEA. Vou encontrar algo muito mais interessante e original aqui”, conta uma cliente à BBC, enquanto procura uma prateleira em segunda mão. “Não quero ter a mesma mobília que toda a gente. O que eu comprar aqui será muito mais barato e melhor para o planeta.”

Artigos da Kierrätyskeskus

Artigos da Kierrätyskeskus
Fotos: Kierrätyskeskus

Na secção de “upcycling” da loja, ou Plan B, encontram-se peças únicas, entre as quais um banco feito com uma prancha de snowboard, roupas feitas de cortinas e uma mesa que já tinha sido um sinal de trânsito. Os preços desta gama de artigos originais são mais elevados do que os dos produtos em segunda mão.

Queremos que as pessoas deem valor às coisas velhas”, conta Peppi Mattila, gerente da loja.

Artigos da Kierrätyskeskus
À direita, alguns produtos da Plan B | Foto: Kierrätyskeskus

“Gosto muito destes espaços", diz uma cliente. “Morei no Luxemburgo, onde há lojas em segunda mão – mas não assim. Só tinham roupas e livros, não havia mobília. Hoje estou à procura de umas mesas novas.”

Artigos da Kierrätyskeskus

Artigos da Kierrätyskeskus
Fotos: Kierrätyskeskus

Cada talão recebido com a compra de um produto na loja mostra a quantidade de recursos naturais que foram poupados ao se evitar a aquisição (e produção) de um artigo novo.

Os centros também promovem workshops criativos, nos quais se podem fazer presentes, bijuteria e outros objetos, ou costurar sacos, roupas e acessórios, com a ajuda de um especialista.


Uma das lojas na cidade de Vantaa

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.