O presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, anunciou planos para a instalação de mais 100 bebedouros, entre a primavera de 2019 e o final de 2020.

Bebedouro

Para reduzir o consumo de plásticos descartáveis e o seu impacto no ambiente, foram instalados diversos bebedouros em alguns pontos da cidade de Londres, ao longo deste ano. Os dados mais recentes mostram que estes aparelhos já foram usados dezenas de milhares de vezes desde a sua instalação.

O sucesso desta iniciativa levou o presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, a anunciar planos para a instalação de mais 100 bebedouros, entre a primavera de 2019 e o final de 2020.

“Durante muitos anos, os nossos bebedouros públicos foram abandonados e negligenciados, ao mesmo tempo que a quantidade de resíduos de plástico de uso único disparava. Estamos determinados a reverter esta tendência e a ajudar a distribuir centenas de bebedouros públicos gratuitos pela capital para usufruto de todos”, disse o presidente.

“Vimos como [esta estratégia] é popular. Há crianças a escreveram constantemente a Sadiq Khan, dizendo: ‘Queremos mais bebedouros, de que estão à espera?’”, contou Shirley Rodrigues, vereadora do Ambiente da cidade de Londres.

Para a concretização do plano, Sadiq Khan formou uma parceria com a maior empresa de água e saneamento do Reino Unido, a Thames Water. Ambos contribuirão 2,5 milhões de libras esterlinas para o seu financiamento.

“Queremos ver candidaturas de bairros, empresas, museus, teatros – de todos os lugares onde haja muitas pessoas que possam preferir um bebedouro a uma garrafa descartável de plástico”, afirmou Shirley Rodrigues.

Segundo a vereadora, o objetivo é que os candidatos selecionados não tenham de investir fundos próprios para suportar os custos dos bebedouros e da sua instalação.

“A Thames Water vai cobrir as despesas de manutenção (…) o que significa que estarão sempre operacionais”, explicou, acrescentando que, desta forma, os bebedouros não deixarão de funcionar devido a cortes orçamentais.

Com esta medida, a Câmara de Londres espera encorajar os londrinos a repensarem a cultura do descartável. “Acho que as pessoas ficariam surpreendidas com o facto de estas pequenas mudanças fazerem realmente uma enorme diferença”, disse a vereadora.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.