A Coca-Cola, Pepsi e Nestlé são as marcas que mais contribuem para a poluição dos oceanos com plástico, de acordo com um estudo de um movimento ambientalista que examinou o lixo das costas de 42 países.

Mergulhador com garrafa da Coca-Cola

A Coca-Cola, Pepsi e Nestlé são as marcas que mais contribuem para a poluição dos oceanos com plástico, de acordo com um estudo de um movimento ambientalista, que contou com mais de 10 000 voluntários que examinaram o lixo das costas de 42 países.

Em setembro de 2018, os voluntários fizeram mais de 200 ações de limpeza das costas de 42 países como as Filipinas, Tailândia, Vietname, Austrália, Chile, Estados Unidos, Portugal e Espanha. Foram recolhidos mais de 187 mil objetos de plástico, 65% eram embalagens de produtos de grandes corporações mundiais, sendo que a maioria era da Coca-Cola, Pepsi e Nestlé. Encontraram também embalagens da Danone e da Colgate-Palmolive.

As marcas “têm de escolher se são parte do problema ou da solução”, disse Von Hernandez, coordenador do movimento Break Free from Plastic. “Devemos exigir às empresas por trás destas marcas de consumo de massas que parem o mau hábito de sobre-embalar os seus produtos e que invertam a procura pelo plástico”, defendeu Von Hernandez.

Todos os anos são produzidas 320 milhões de toneladas de plástico e na próxima década a quantidade deverá aumentar 40%. Cerca de 80% das 8,3 mil milhões de toneladas de plástico produzidas desde 1950 ainda existe, principalmente nos oceanos.

Quando começarão estas marcas a responsabilizarem-se pelo facto das embalagens de plástico dos seus produtos estarem a poluir o ambiente?

Mapa

Veja também:
1 de janeiro foi dia do UniPlanet limpar uma mata
O UniPlanet limpou uma praia

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.