A Maria Granel é uma mercearia biológica a granel que promove o desperdício zero, sem embalagens, e o consumo sustentável. Nesta loja os clientes levam as quantidades que querem.

Loja Maria Granel

A Maria Granel é uma mercearia biológica a granel que promove o desperdício zero, sem embalagens, e o consumo sustentável. Nesta loja, os clientes levam as quantidades que querem.

O UniPlanet falou com Eunice Maia, criadora da Maria Granel, que nos apresentou este projeto.


UniPlanet (UP): Como nasceu a Maria Granel? O que inspirou a sua criação?

A Maria Granel é fruto de uma história de amor entre um açoriano e uma minhota. É uma homenagem às suas raízes, um bocadinho do campo na cidade. É um regresso ao passado, com o olhar no futuro e na sustentabilidade do nosso planeta. Abrimos as portas a 16 de novembro de 2015 e somos a primeira mercearia biológica a granel em Portugal.
(Vejam no fim da entrevista a história completa da Maria Granel)


Loja Maria Granel


UP: Que tipo de produtos podemos comprar na Maria Granel? São todos biológicos?

Esse é um dos nossos pilares da nossa missão de sustentabilidade: todos os nossos produtos são biológicos, com certificação. Muitos têm também certificação "fair trade". Além disso, investimos muito tempo na seleção criteriosa de produtores e fornecedores, dando sempre prioridade ao que é local e nacional e de elevada qualidade. Temos um enorme orgulho em afirmar que já lançámos vários produtos nacionais e adoramos conhecer as histórias e os rostos por trás das marcas e dos projetos a que nos associamos.

Ilustração: 12 razões para consumir bio
Ilustração: 12 razões para consumir bio | Helena Loução

Somos também a primeira Zero Waste Concept Store portuguesa, pelo que disponibilizamos igualmente acessórios "plastic free" para uma casa livre de plástico e mais amiga do ambiente.



UP: Está a decorrer o desafio “julho sem plástico”. Que conselhos dariam a quem quer participar, mas não sabe por onde começar?

Pelo segundo ano consecutivo, participamos e estamos a partilhar nas nossas redes sociais o desafio #plasticfreejuly. Mostramos, através de dicas diárias, como adotar gestos simples que reduzam o desperdício e alternativas ao plástico. São 30 dias, 30 dicas. Este ano com uma surpresa adicional, uma vez que, a convite da Filipa Silva, autora da plataforma Slower, nos associámos à Ana Milhazes Martins (Lixo Zero Portugal), à Leila Teixeira (Âncora Verde) e à Inês Espada Nobre (Graragem) mostrando que é possível viver #30diassemplastico. Convidamos todos a visitarem estas contas e páginas e a seguirem o desafio. O segredo é dar um passo de cada vez, com equilíbrio e sem fundamentalismo. Se tivéssemos de escolher apenas um gesto, seria andar sempre com um saco de pano. Só essa mudança tem um impacto muito significativo no ecossistema: os sacos de plástico têm, em média, 25 minutos de uso, sendo imediatamente descartados. Quando se encontram no mar, são muitas vezes confundidos pelos animais marinhos com alimento, motivando a sua morte. O saco de pano é reutilizável vezes sem fim. Além de ser também muito mais bonito!


Loja Maria Granel


UP: Que tipo de embalagens levam os clientes para adquirirem os vossos produtos?

Somos os pioneiros na introdução no mercado nacional do sistema BYOC, "Bring Your Own Container". Incentivamos os nossos queridos fregueses a trazer as suas próprias embalagens (sacos de pano, frascos de vidro,...). E são cada vez mais as pessoas (famílias inteiras) a fazê-lo. Tanto, que acabámos de criar um protótipo de saco especificamente para acomodar frascos e facilitar esta rotina.


Loja Maria Granel


UP: A Maria a Granel é mais do que uma loja, é também um espaço de troca de conhecimento e de realização de workshops. Que eventos futuros estão programados?

Sem dúvida, desde o trabalho conceptual da criação da loja, que começou ainda em 2013, que a nossa missão foi projetada para ser concretizada sempre em e para a comunidade. É a nossa forma de contribuir para a mudança da sociedade e também a forma de retribuir o carinho com que somos tratados diariamente. As nossas Quintas da Maria são espaços de partilha (de saberes e de sabores) de acesso livre dedicados à sustentabilidade e à alimentação saudável.

Já nesta semana, na quinta-feira, receberemos na loja de Campo de Ourique a bióloga marinha Ana Pêgo, autora do projeto Plasticus Maritimus, que vem conversar connosco sobre o plástico e o seu impacto nefasto no ecossistema marinho. Mas vem aí muito mais e uma programação muito, muito interessante, uma vez que no nosso novo espaço, em Campo de Ourique, contamos com uma cozinha totalmente equipada e espaço para workshops, apresentações e eventos.



Loja Maria Granel


UP: Para terminar, que conselhos dariam a alguém que está a pensar criar uma loja a granel numa cidade portuguesa onde ainda não existe nenhuma?

Muita paixão, muito trabalho, muita coerência. Muita paixão, muito trabalho, muita coerência.


Logo Maria Granel

Morada:
Maria Granel
Rua José Duro, 22B
Bairro de Alvalade, Lisboa



A história da Maria Granel

A Maria Granel, a primeira “Zero Waste Store” portuguesa, uma mercearia biológica a granel, abriu as portas em Lisboa (Alvalade), em novembro de 2015. É o sonho a dois de uma minhota e um açoriano.
A ideia nasceu em 2013 e foi sendo alimentada e maturada até 2015. As nossas memórias de infância estão particularmente associadas ao campo e à terra. Essas raízes definiram a nossa identidade. Quisemos dar continuidade a esse património afetivo. E este projeto é mesmo isso: um regresso às origens, um regresso a casa.

Estudámos o mercado internacional (e falámos com os fundadores de lojas pioneiras em todo o mundo) e nacional de forma profunda e achámos que fazia todo o sentido introduzir em Portugal a venda a granel de produtos biológicos, dispensado totalmente as embalagens.
Quando abrimos as portas, contávamos com 240 produtos. Neste momento, temos um portefólio de mais de 600 produtos, loja online e acabámos de estrear em loja uma secção de detergentes e beleza a granel.

Neste percurso, conhecemos Bea Johnson, a nossa maior inspiração. Uma das iniciativas mais marcantes da nossa (curta) história foi termos sido os anfitriões da sua vinda a Portugal (pela primeira vez). Bea é a fundadora do movimento internacional “Zero Waste Home”, a quem a CNN, o Finantial Times e o New York Times, entre outros órgãos de comunicação social, já dedicaram reportagens, dando destaque à sua filosofia de vida, centrada no minimalismo e na sustentabilidade.

Em conjunto, promovemos uma conferência de apresentação do “Zero Waste Lifestyle”, que decorreu no auditório da Junta de Freguesia de Alvalade, no dia 8 de julho de 2016. O principal objetivo desta iniciativa era partilhar, sem fundamentalismos e de forma muito prática, a experiência pessoal da oradora, dicas e conselhos sobre como optar por uma vida “Desperdício Zero” (sem nunca abdicar do estilo!). Acreditamos que esta oportunidade mudou consciências e mentalidades a nível nacional.

Na sequência desta conferência, entrámos em contacto com a Editorial Presença, sugerindo a publicação em Portugal da tradução do livro de Bea, Zero Waste Home, um best-seller na sua categoria na Amazon. E conseguimos! Em setembro de 2016, o livro estava nas bancas e era lançado na nossa loja, contando com um prefácio nosso.


Bea Johnson
Foto: Bruno Colaço

Missão: consumo responsável, consumo sustentável, diminuição do desperdício

O nosso conceito recupera o imaginário coletivo das nossas antigas mercearias de bairro: o cheirinho maravilhoso a café e a frutos secos, os cartuchos de cartão, o atendimento personalizado e atencioso de quem sabe sempre o nosso nome e os nossos gostos, e, claro, a venda a granel, mas com um toque de modernidade e assumindo como principal preocupação a sustentabilidade.
Os nossos produtos são apresentados em dispensadores individuais, com doseadores, de que as pessoas se podem servir diretamente.

Somos a primeira loja em Portugal, e uma das pioneiras na Europa e no mundo, a dispensar as embalagens e a vender exclusivamente a granel.
Fomos, aliás, com muito orgulho, referenciados internacionalmente como os introdutores do sistema BYOC (“Bring your own container”) no mercado nacional.

Quem nos visita pode trazer de casa o seu recipiente, para o reabastecer com os produtos de que necessita. Se se esquecer dele, ou se preferir, poderá adquiri-lo na loja. Temos ao dispor sacos de papel reciclado e frascos de diferentes dimensões, de acordo com a preferência. Esta opção é deliberada, consciente. Um contributo. Um gesto para ter um impacto considerável na redução das emissões de CO2 e na quantidade de resíduos destinados a aterros e incineradoras.

Além disso, ao incentivar a aquisição apenas da quantidade de que efetivamente necessita, estaremos também a diminuir o desperdício alimentar. O compromisso de sustentabilidade estende-se ainda ao facto de os nossos produtos (cerca de 500) serem 100% biológicos, certificados, livres de organismos geneticamente modificados, respeitando os solos e o ritmo das estações e da terra.

E se a nossa inspiração é tradicional, a nossa missão está totalmente comprometida com o presente e vocacionada para o futuro. Cremos que é possível consumir de forma mais sustentável, reduzindo o desperdício e apostando mais na qualidade, do que na quantidade. Assim estaremos a fazer a nossa parte para as gerações futuras herdarem um mundo melhor.


Loja Maria Granel

O nosso público é transgeracional, de dentro e de fora do bairro de Alvalade. Apresenta uma preocupação com a sustentabilidade, é um público informado e interessado num consumo responsável e consciente.

Conseguimos contagiar e "educar" uma comunidade inteira para a reutilização de frascos e sacos de pano para se abastecer diretamente na loja, recusando por completo o uso do plástico. Somos, como já referimos, os introdutores em Portugal do sistema BYOC.
Os nossos produtos destacam-se pela qualidade, trabalhamos com fornecedores de excelência, meticulosamente escolhidos, alinhados com os nossos valores de sustentabilidade.

Desde julho de 2017, mês em que aderimos à iniciativa internacional "Plastic free july", acrescentámos ao nosso portefólio dezenas de acessórios Zero Waste, utensílios que permitem às pessoas um dia a dia sem plástico. Lançámos em dezembro de 2017 a loja on-line.
Introduzimos, por exemplo, no mercado português o bee's wrap, um substituto da película aderente. Apresentámos também soluções como cotonetes de bambu, escovas de dentes de bambu, copos reutilizáveis de bambu,...

Os nossos queridos fregueses contam igualmente em loja com a presença de uma nutricionista, uma vez por mês - um serviço gratuito, assim como com workshops quinzenais de entrada livre: as "quintas da Maria", associados aos temas ligados à nossa missão e conceito (alimentação saudável, confeção de produtos, estilo de vida zero waste,...).
Para além disso, temos vindo a fazer um trabalho de sensibilização com os nossos parceiros para a importância de adotar medidas mais sustentáveis de embalamento dos produtos, reduzindo os resíduos gerados.

Passados quase três anos da nossa abertura, continuamos a intervir ativamente na comunidade, estimulando a adoção de gestos amigos do ambiente: temos em curso um “Programa Zero”, promovemos consultoria, conferências e conversas informais em ambiente corporate, partilhando com empresas nacionais e internacionais, ONG e outras entidades o nosso percurso e testemunho de sustentabilidade; dinamizamos com regularidade workshops na loja sobre o tema; e, recentemente, acompanhámos um grupo de alunos de um colégio da zona durante uma semana, supervisionando um trabalho de projeto (“Change it”) sobre os passos que a escola poderia dar para ser um espaço mais ecológico (recolha de lixo; exposição e instalação e exposição artística com os resíduos recolhidos; conferência com Ana Pêgo, bióloga marinha responsável pelo projeto “Plasticus Maritimus”; workshop sobre consumo sustentável e estilo de vida Zero Waste).

O alcance do nosso trabalho tem sido, felizmente, tão significativo e o impacto tão marcante, que recebemos do outro lado do Atlântico um convite para apresentarmos o nosso projeto e a nossa loja no Brasil, em outubro passado, na semana "Lixo Zero Brasil". Tivemos a oportunidade de, entre oradores internacionais, falarmos sobre o nosso exemplo em universidades, conferências e fóruns.
Fomos também referidos como uma loja Zero Waste pioneira internacionalmente na plataforma Zero Waste APP.

Fomos selecionados pela AHRESP para apresentar o nosso conceito na FIL durante a BTL no âmbito dos Prémios AHRESP.
Vamos lançar em breve um movimento (internacional) enquadrado nas Zero Waste Cities europeias, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, que colocará Lisboa no mapa do que de melhor se faz no mundo para combater o desperdício: Zero Waste Lisbon.

E chegámos nesta semana a Campo de Ourique! Escolhemos este bairro cheio de charme para abrir a segunda loja, com 150m2 distribuídos por 2 pisos. No piso superior, funciona a mercearia biológica a granel; no piso inferior, está a primeira Zero Waste Concept Store nacional, bem como um espaço totalmente equipado para a realização de workshops, eventos e apresentações, ao serviço da nossa missão de sustentabilidade.


Loja Maria Granel

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.