Nem as crias de urso polar conseguem escapar à nossa poluição por resíduos plásticos.

crias de urso polar brincam com plástico preto na neve

Duas crias de urso polar foram observadas a brincar com um pedaço descartado de plástico em Svalbard, um arquipélago remoto a meia distância entre a Noruega continental e o Pólo Norte.

Esta brincadeira aparentemente inofensiva pode ter, infelizmente, consequências graves para os filhotes de urso, já que, à semelhança de tantos outros animais, estes podem engolir o material e correr o risco de asfixiar ou de que o plástico obstrua o seu aparelho digestivo.

Svalbard fica a centenas de quilómetros da Europa continental e tem uma população de 2600 habitantes, um número inferior aos cerca de 3000 ursos polares presentes no arquipélago.


Recentemente, uma equipa de investigadores navegou nas águas geladas do arquipélago, a bordo do navio “Blue Clipper”, para investigar o impacto da poluição por plástico no ambiente marinho, tendo descoberto resíduos plásticos em todos os lugares analisados.

“Ver a quantidade de plástico que está a chegar a este ambiente remoto e aparentemente intocado foi uma experiência muito desanimadora”, disse Claire Wallerstein, que integrou a equipa Sail Against Plastic.

“Havia muitos resíduos de pesca, mas o que mais me entristeceu foi [ver] que muito do lixo que está a poluir o Ártico são os mesmo detritos descartáveis de sempre do nosso dia-a-dia – garrafas de plástico, hastes de cotonetes, beatas de cigarro, toalhitas húmidas, embalagens para a comida e recipientes de poliestireno.”

Com as correntes marítimas, os detritos podem chegar a Svalbard vindos de lugares muito distantes. Alguns residentes locais afirmaram ter encontrado resíduos plásticos provenientes da Flórida nas praias do arquipélago.

No início de 2018, uma equipa de investigadores do Instituto Polar Norueguês revelou que os resíduos plásticos se estão a acumular no Ártico norueguês, afetando aves marinhas, peixes, focas e até mesmo renas.
Foto: Kevin Morgans

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.