Sintra vai receber o 13º Encontro de Alternativas

Sintra vai receber o 13º Encontro de Alternativas

3 de Maio, 2018 0

A Quinta da Ribafria, em Sintra, vai receber nos dias 25, 26 e 27 de maio o 13º Encontro de Alternativas, um evento com entrada livre que pretende “trocar conhecimentos e sabedorias, culturas e aprendizagens”.

O UniPlanet falou com os organizadores do Encontro de Alternativas para ficar a conhecer melhor este festival.

UniPlanet (UP): Querem falar-nos um pouco sobre o tema deste ano do Encontro de Alternativas em Sintra?

“S.O.S. TERRA – A MUDANÇA ESTÁ EM NÓS” é o tema do Encontro de Alternativas em Sintra deste ano.
A urgência na mudança dos nossos hábitos, nas pequenas coisas do dia a dia pode fazer toda a diferença.
Esta é a nossa oportunidade para sermos mais conscientes e ativos na construção de um mundo melhor, mais limpo, mais equilibrado, mais conectado, mais natural e sustentável. Isso é possível a partir da nossa consciência e ação.

Não basta só achar que… é preciso agir, pôr em prática.
Termos consciência do que comemos, o que compramos e a quem compramos, o que poluímos, o que desperdiçamos, da nossa indiferença em relação aos grandes atentados que todos os dias se fazem a esta casa que nos recebe e nos dá tudo, o planeta Terra… e que nós deixamos devorar…
Temos que agir, mostrar e usar o nosso poder na construção e transformação deste mundo louco… basta haver um click dentro de nós e tudo muda!

UP: Que artistas vão estar presentes no Festival?

O Encontro de Alternativas é uma mostra de projetos alternativos e dentro dessa visão vão estar presentes alguns projetos musicais com temas originais, como os “Suryam Projet”, os “Peace Revolution” e os “Terra Livre”.
Vão estar também presentes para contar e encenar as suas histórias para crianças as autoras Ana Ventura e Sara Neves.
A Carla Marcelo terá durante os três dias do evento uma exposição de pintura em tela “Mandalas de Luz”.
Teremos vários artesãos e artistas plásticos com peças originais de autor a mostrar o excelente trabalho que fazem.

UP: Que atividades estão programadas?

Vamos ter as mais diversas atividades, com os mais variados temas:
– Palestras: como curar relacionamentos amorosos; o despertar da mestria interior; propósito de vida; o poder curativo da mãe natureza; hipnoterapia; transmutação energética; cromoterapia; a ética na permacultura; a terapia quântica; o poder de criar; xamanismo, sol e lua e ver com feng shui.
– Apresentação do livro “A cura pela alimentação Alcalina” de Duarte Alves.
– Práticas de meditação, chi-kung e yoga.
– Oficinas de olaria, de construção de mini jardins, de recolha e conservação de sementes, de introdução aos óleos essenciais, de construção de casas de banho secas e de mini domus. Também a Fernanda Botelho irá fazer um passeio botânico de plantas medicinais pela quinta.
– Workshops: constelações familiares e sistémicas; de cura das feridas emocionais com hipnoterapia; de biodanza; de Yoga do riso; dos 7 princípios da saúde e do bem-estar; de movimento e dança; de nutrição para uma nova terra; a dança dos sete chakras e cure-se em amor.
– Conversas sobre as comunidades abertas e open source; o cultivo do cânhamo em Portugal e apresentação da BioEco, associação de agricultura biológica e agro-ecológica da Beira Interior.
– Concertos meditativos com som.
– Atividades para crianças: hora do conto; home yoga; vamos brincar na natureza; oficina de sementeira e plantação em agricultura biológica; brincar e descobrir a magia da floresta; e para pais, educadores e professores – práticas e filosofia da Escola da Floresta.
Mostra de artesanato de autor; venda de produtos naturais e biológicos; alimentação vegan e vegetariana.

Mostra de grandes e curtas metragens gentilmente cedidas pelo Cine Eco Seia, Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, com temas variados e adequados ao nosso tema.

UP: Um dos problemas frequentemente associados aos festivais é o rasto de lixo que deixam. Neste sentido, que medidas tomou o Encontro de Alternativas para ser mais sustentável?

Vamos minimizar o plástico. Este ano não serão utilizados no Encontro plásticos descartáveis, como copos, talheres, pratos, palhinhas…
Vamos apelar ao uso de sacos de pano. E também à utilização do free bus.

UP: Para terminar, quais são as três razões por que não devemos faltar ao 13º Encontro de Alternativas em Sintra?

1 – O Encontro de Alternativas é um encontro de artes, sabedorias, gentes e vivências. É um espaço de partilha, de celebração da vida e de encontro connosco e com os outros, num ambiente natural e belo como é a Quinta da Ribafria, em que todas as atividades são gratuitas e de excelente qualidade.
Haverá também um transporte gratuito, cedido pela União das Freguesias de Sintra, desde a estação de comboios da Portela de Sintra até à porta da quinta, que é para usar e abusar.
2 – As crianças têm o seu espaço próprio com atividades, onde podem brincar livremente em contacto com a natureza, encontrarem amigos e fazerem oficinas em conjunto com os pais e familiares.
3 – Este ano a grande novidade deste Encontro é uma extensão do Cine Eco Seia, Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela. Passaremos sessões de curtas e longas para crianças e adultos.

O Encontro de Alternativas em Sintra é uma co-produção da Voando em Cynthia – associação cultural e da Câmara Municipal de Sintra.
Esperamos por si!

Comentários
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.