A emissora pública de rádio e televisão do Reino Unido vai erradicar os plásticos descartáveis de todas as suas operações até 2020.



A BBC, a emissora pública de rádio e televisão do Reino Unido, vai erradicar os plásticos descartáveis de todas as suas operações até 2020.

Numa primeira fase, a emissora eliminará os copos e talheres de plástico até ao final deste ano. Seguem-se os recipientes para comida, que serão proibidos nas cantinas em 2019. Em 2020, a BBC espera estar totalmente livre de plásticos de uso único.

A medida foi inspirada pela série documental Blue Planet II, que destacou os impactos da poluição por resíduos plásticos no mar.

“Como milhões de pessoas que assistiram ao Blue Planet II, fiquei chocado por ver o lixo e os danos evitáveis criados pelo plástico de uso único”, contou Tony Hall, diretor-geral da BBC.

“Precisamos todos de fazer a nossa parte para resolver este problema e eu quero que a BBC dê o exemplo. Abandonar os copos e talheres descartáveis de plástico é o primeiro passo e, com o nosso plano, espero que consigamos ter uma BBC totalmente livre de plásticos de uso único”, disse.

Os funcionários e visitantes da BBC utilizavam dois milhões de copos de plástico por ano. Algumas cozinhas da emissora já começaram a substituir os copos de plástico por uns de vidro.


Foto: Tim Loudon/Flickr

Todos os anos, são produzidos 400 milhões de toneladas de plástico e mais de oito milhões de toneladas acabam nos oceanos. A maioria dos plásticos não são biodegradáveis e nem todos podem ser reciclados.

Os detritos que poluem o mar são uma ameaça para a vida marinha. Muitos animais, incluindo as focas, baleias e tartarugas, ficam presos nos sacos, redes de pesca e outros resíduos, o que lhes pode causar ferimentos ou fazê-los sufocar. Outros animais ingerem este lixo, confundindo-o com alimento.

“A não ser que a 'corrente' de plásticos que se encaminha para os oceanos seja limitada, a vida marinha será envenenada por estes resíduos durante muitos séculos”, disse David Attenborough, que narrou a série Blue Planet II.

Louise Edge, da Greenpeace, felicitou a decisão da BBC, comentando que o “Blue Planet II fez tanto para chamar a atenção para este problema como vários anos de campanha”.

“Mas a consciencialização é apenas o primeiro passo, por isso é muito encorajador ver a BBC passar para a ação.”

Recentemente, a Escócia anunciou que vai proibir as palhinhas e as cotonetes de plástico. Taiwan também anunciou que planeia proibir o uso de artigos descartáveis de plástico, incluindo os copos, as palhinhas e os sacos de compras.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.