15 Pratos Tradicionais Portugueses em versões vegetarianas e vegans

15 Pratos Tradicionais Portugueses em versões vegetarianas e vegans

12 de Setembro, 2016 1

Quinze receitas da cozinha tradicional portuguesa adaptadas para vegetarianos e vegans.
Experimentem!

Pastéis de “bacalhau” vegetarianos



Foto: eatofit
Visitem a receita destes patéis de grão-de-bico e tofu aqui

“Bacalhau” à Brás vegetariano



Foto: Descobrindo Novos Sabores
Visitem a receita deste alho francês à Brás aqui

Francesinha vegan


Foto: Green Food
Visitem a receita deste prato típico do Porto numa versão vegan aqui

Cozido Vegetariano à Portuguesa


Foto: Comer Saudável
Visitem a receita do Cozido Vegetariano à Portuguesa aqui

Caldeirada vegetariana de “peixe”


Foto: The love food
Visitem a receita desta caldeirada de tofu aqui

Caldo Verde vegetariano

Visitem a receita do caldo verde vegetariano aqui

“Queijo da serra” vegan


Foto: Patricia is cooking
Visitem a receita do queijo tipo Serra vegan aqui

Arroz sem pato


Foto: Cozinha Veggy
Visitem a receita do arroz sem pato no forno aqui

Bolo do caco

Visitem a receita do bolo do caco aqui

Pastel de nata vegan


Foto: Abacate verde
Visitem a receita destes pastéis de nata vegans aqui

“Ovos-moles” vegans


Foto: Omeletas sem ovos
Visitem a receita destes ovos-moles vegans aqui

Pão-de-Ló vegan


Foto: Centro Vegetariano
Visitem a receita Pão-de-Ló vegan aqui

Arroz doce vegan


Foto: Not Guilty Pleasure
Visitem a receita de arroz doce vegan aqui

Queijada de Sintra 100% vegetal


Foto: Sparkly Vegan
Visitem a receita das queijadas de Sintra 100% vegetais aqui

Leite-creme vegan


Foto: Omeletas sem ovos
Vistem a receita do leite-creme vegan aqui

Para mais ideias visitem o site Receitas Tradicionais Portuguesas Veganas.

Nota: Sempre que puderem reduzam a quantidade de açúcar que é pedida nas receitas ou substituam-no por açúcar de tâmaras (receita aqui).

Comentários
One thought on “15 Pratos Tradicionais Portugueses em versões vegetarianas e vegans
  1. Ana P

    LINDO !!

    31 de Janeiro, 2019 Reply
Deixe uma resposta

Your email address will not be published.