Todos os anos, milhões de ovelhas na Austrália são mutiladas durante um procedimento chamado de “mulesing, (uma prática em que pedaços de pele são cortados numa tentativa de impedir uma infestação de larvas de moscas, sem qualquer anestesia) por causa da sua lã.

Muitos produtores de ovelhas australianos usam tesouras para soltar o pelo, e isto fere e retira enormes pedaços de pele das ovelhas. Outros usam pinças para comprimir e esticar cruelmente a pele do animal, deixando-o gravemente ferido. O corte da cauda sem anestesia também é comum. Estas práticas foram recentemente divulgadas pelo Daily Mail no fim do mês passado.

As UGGs são feitas com pelo e pele das ovelhas da Austrália. Grandes marcas como Liz Claiborne, H&M, Hugo Boss e Perry Ellis prometeram deixar de comprar lã de ovelhas australianas que tenham sido tosquiadas com estes processos.
Alternativas de roupa e calçado completamente livres de crueldade animal são a melhor solução e estão disponíveis no mercado.




Fontes: ANDA e PETA

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.