A medida terá já efeito no Grande Prémio da Austrália, programado para 25 de março.

Grid girls

A Fórmula 1 anunciou o fim das “grid girls” nas corridas, a partir já do Grande Prémio da Austrália, com início a 25 de março.

Sean Bratches, diretor comercial da Fórmula 1, explicou que "esta prática não reflete os valores da nossa marca e está claramente em desacordo com as normas da sociedade moderna dos dias de hoje".
A decisão aplica-se ao mundial da categoria rainha e a campeonatos como a Fórmula 2 ou a GP3.

A Women’s Sport Trust, uma organização que procura aumentar o impacto e visibilidade do desporto feminino, agradeceu esta decisão no Twitter: "Obrigada Fórmula 1 por decidir deixar de usar ‘grid girls’. Outro desporto a fazer uma escolha clara sobre o que defende".


Em julho de 2017, as “mulheres do pódio” que entregavam prémios aos vencedores e lhes davam beijos foram proibidas pela organização da Volta a Espanha.

Subscrever a Newsletter

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.