Presidente da Câmara de Londres vai proibir que novos restaurantes de fast food abram perto de escolas para combater a obesidade infantil.

Hambúrguer

O Presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, anunciou na última semana o seu plano de proibir a abertura de novos restaurantes de fast food a menos de 400 metros de escolas primárias e secundárias (existentes ou que venham a ser construídas). O "Plano de Londres" de Khan - um guia que será publicado esta semana – exigirá também que os novos restaurantes devam ter opções mais saudáveis (terem grelhados ou assados em vez de fritos e menos sal) antes de abrir perto de escolas.

"Estou a usar todos o meu poder através do meu novo Plano de Londres", disse Khan ao Evening Standard, "para evitar que novos [restaurantes de fast food] abram nas ruas das escolas como parte de um pacote de medidas para desativar a bomba-relógio da obesidade infantil e para nos ajudar a levar vidas mais saudáveis".

Segundo o Evening Standard, Londres tem a maior taxa de obesidade infantil da Inglaterra: quase 40% das crianças são obesas ou têm excesso de peso quando terminaram a escola primária.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.