A Monsanto perdeu a autorização para comercializar soja geneticamente modificada (OGM) em sete estados mexicanos.

Soja

A Monsanto perdeu a autorização para comercializar soja geneticamente modificada em sete estados mexicanos, de acordo com um comunicado da empresa.

A licença foi revogada pelo Serviço Nacional de Saúde, Inocuidade e Qualidade Agroalimentar (SENASICA) do México. A revogação aplica-se aos estados de Tamaulipas, San Luis Potosí, Veracruz, Chiapas, Campeche, Yucatán e Quintana Roo.

Segundo um documento citado pelo jornal mexicano Reforma, a licença terá sido cancelada devido à deteção de soja transgénica da Monsanto em áreas onde esta não era autorizada. A empresa rejeitou este argumento, dizendo que as autoridades não tinham analisado a forma como a soja em questão tinha sido plantada.

A gigante dos pesticidas e das sementes geneticamente modificadas disse ainda que a licença tinha sido revogada por motivos de ordem jurídica e técnica injustificados e avisou que iria tomar os passos necessários para salvaguardar os seus direitos e o dos agricultores que utilizam a sua tecnologia.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.