A Califórnia tornou-se no primeiro estado dos EUA a proibir a venda de cães, gatos e coelhos em lojas de animais.

Cachorro

A Califórnia tornou-se no primeiro estado dos EUA a proibir a venda de cães, gatos e coelhos em lojas de animais. A lei foi assinada pelo governador da Califórnia no dia 13 de outubro e entrará em vigor em 2019.

As lojas ficam agora proibidas de vender cães, gatos, coelhos e outros animais, expostos em jaulas ou montras de vidro, passando a funcionar como espaços de adoção de animais.

Esta medida foi aplaudida pelas organizações de defesa dos animais. "Quando os consumidores compram cachorros e gatinhos nas lojas de animais, desconhecem, muitas vezes, a origem dos animais e contribuem para uma indústria triste e de sofrimento", disse Deborah Howard, presidente da Companion Animal Protection Society (CAPS).

A Califórnia junta-se à lista das cidades dos EUA que já tinham proibido a venda de cães e gatos em lojas de animais, como Los Angeles, São Francisco, Sacramento, Chicago, Filadélfia, Austin e Otava e Vancouver, no Canadá.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.