A cidade de Santa Fé, no estado norte-americano de Novo México, aprovou a proibição dos espetáculos com animais selvagens e exóticos.

Tigre num circo

A câmara municipal da cidade de Santa Fé, no estado norte-americano de Novo México, aprovou, com oito votos a favor e um contra, a proibição dos espetáculos com animais selvagens e exóticos dentro dos limites da cidade.

A vereadora Signe Lindell, que apresentou a proposta, afirmou que é um facto bem documentado que os animais forçados a realizar truques são, frequentemente, vítimas de maus-tratos durante os treinos e transporte. “O entretenimento não é uma desculpa para os maus-tratos e crueldade para com os animais”, disse.

São feitas exceções para as exibições de animais para “fins exclusivamente educativos” e para a participação de animais domésticos – como os gatos, cães, vacas, ovelhas, cabras, porcos e cavalos – em espetáculos. Os rodeos continuam a ser permitidos.

“Estamos prontos a dizer, hoje, que Santa Fé não tolerará a conhecida crueldade a que são submetidos os animais exóticos usados em espetáculos”, disse a vereadora.

“Por motivos de decência e senso comum, estes espetáculos não têm lugar em Santa Fé”, defendeu um habitante local.

Também houve vozes a erguerem-se contra a medida, apelidando-a de “hipócrita”, visto não proibir a realização de rodeos. A estas acusações, Renee Villarreal, vereadora, responde: “Acho que temos de começar por algum lado”.

Rachel Mathews, da organização de defesa dos direitos dos animais PETA, saudou a medida. “Santa Fé junta-se agora à cidade de Nova Iorque, São Francisco e a outras cidades, proibindo os negócios que lucram com o sofrimento dos animais e a PETA espera pelo dia em que os circos e outras empresas que espancam, chicoteiam e dão choques elétricos aos animais sejam rejeitados em todos os cantos do país.”

Foto: Pawsitive Candie N

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.