As baleias-de-bossa aprendem as suas “canções” em segmentos, como os versos de uma canção humana, diz um novo estudo.

baleia-de-bossa

As baleias-de-bossa aprendem as suas “canções” em segmentos, como os versos de uma canção humana, e conseguem fazer “remixes”, ou seja, combinar vários temas, revelou um novo estudo. O canto das baleias parece ser aprendido de modo semelhante à forma como os seres humanos adquirem competências linguísticas ou as aves aprendem a trinar.

“Todos os machos de uma população cantam a mesma música complexa, mas o seu padrão muda com o tempo, às vezes de forma bastante rápida, em toda a população”, comentou Michael Noad, professor da Universidade de Queensland. “A aprendizagem de canções novas é uma forma daquilo que é conhecido como ‘aprendizagem social’, que é onde os animais aprendem comportamentos uns com os outros, em vez de estes serem passados de uma geração para outra geneticamente.”

“Embora saibamos que as baleias modificam as suas canções com o passar do tempo, não sabemos como aprendem as novas. O ritmo da mudança mostra, no entanto, que elas estão constantemente a aprender e a atualizar as suas canções rapidamente”, disse o professor.

O estudo, liderado pela investigadora Ellen Garland, analisou as canções de baleia em processo de mudança e descobriu que os cetáceos podem combinar segmentos de canções de forma previsível, quando o padrão estrutural subjacente é semelhante.

“Gravámos muitos cantores de diversas populações, incluindo a da Austrália oriental e outras populações no Pacífico Sul”, explicou Michael Noad. “Procuramos músicas capturadas em mudança; canções que tinham um pouco da melodia antiga assim como algo da nova.”

“Ellen descobriu algumas coisas interessantes. Quando descobrimos estas canções ‘híbridas’ raras, os temas das canções – antigos ou novos – estavam intactos, mostrando que as baleias provavelmente aprendem as canções tema a tema, como o verso de uma canção humana.”

“A outra coisa interessante foi que quando elas trocaram, a meio de uma música, de uma canção antiga para uma nova ou vice-versa, isto acontecia durante um tema muito semelhante a outro das canções antigas ou novas. Estes temas podem ter sido usados como uma forma de unir as canções velhas às novas, ajudando, deste modo, na aprendizagem social.”

“Isto (…) poderá ser relevante para a compreensão da forma como a linguagem humana, o exemplo mais notável de aprendizagem social, evoluiu.”

Segundo o professor, as mudanças nas canções das baleias-de-bossa são um dos exemplos mais marcantes da transmissão de uma característica cultural e da aprendizagem social num animal não humano.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.